Cuidados antes de comprar/alugar – Tomadas

Por Erica Fonseca
16/08/2013 @ 13:21

Já pensou em quanto uma tomada é importante em nossa vida? Veja os cuidados que devemos ter antes de alugar um imóvel. Tomada para ligar a TV, o videogame, o home theater, o som, o modem, o roteador, a impressora e o abajur, isso pensando de leve só em um cômodo do seu imóvel (a sala). Mas aí temos também que carregar nossos gadgets e lá vai tomada para plugar os carregadores do celular, tablet e notebook, no mínimo.

Já ouvi falar que falta homem no mercado, que não há amor em São Paulo, que agora só falta criarem a Bolsa Me Deixa Quietinho Aqui como Programa do Governo Federal, mas o que falta mesmo nessa vida é tomada, minha gente.

Sem julgamentos aqui se as pessoas estão muito conectadas ou não, pensemos nesse momento apenas na demanda que existe por tomadas.

Os imóveis, cada vez menores, não vêm recheados de tomadas na quantidade que precisamos ou gostaríamos, e aqueles que são mais antigos não foram construídos planejando as instalações elétricas para a quantidade de aparelhos que temos hoje em dia.

Bom, nesse desespero pelos vários dois ou três furos que nos faltam, saímos montando a teia da perdição dos cabos, que muitas vezes colabora para prejudicar aquele visual caprichado da sua decoração, mas pior do que isso, coloca a sua casa ou apartamento em risco, assim como tudo que há dentro dele, inclusive você.

Então como cuidar da “fiarada” ?

Aquilo que você não vê

As estatísticas dos bombeiros mostram que as instalações elétricas inadequadas são a segunda maior causa de incêndio no país.

Então, primeiro considere fazer uma revisão nas instalações elétricas gerais do imóvel se ele já tiver mais de 10 anos, pois esse é o prazo considerado seguro para tudo funcionar direitinho. Fio desencapado e instalações do tipo “gambiarra”, nem pensar!

Depois disso, essa avaliação deve ser repetida a cada cinco anos, segundo a ABRACOPEL (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade).

Aquilo que você olha, mas finge que não vê

Sabemos que as ligações múltiplas via benjamin ou TE, extensão elétrica, régua ou filtro de linha e o uso de adaptadores de tomadas não são recomendados, porque podem causar uma sobrecarga na instalação que, muitas vezes, vai te devolver um choque elétrico como aviso, ou vai “pras cabeças”, incendiando tudo de vez.

Evitando a Tostada

Para preservar a vida útil dos seus aparelhos, reduzir o risco de choque elétrico e incêndio você pode:

1. Contratar serviço profissional para instalar mais tomadas no seu lindo lar. Sai caro. Conheço quem fez isso no apartamento e os orçamentos variaram de R$ 550,00 a R$ 1.600,00 para colocar 08 tomadas novas;

2. Comprar extensões elétricas, e demais agregadores de tomadas, de marcas conhecidas, evitando as “baratex” e as “glingas”, porque estamos ligados (só para não perder o trocadilho) que o mercado informal muitas vezes usa sucata como matéria  prima e os de “origem estrangeira” não seguem os padrões de segurança, nem a norma NBR 5410 da ABNT para Instalações Elétricas de Baixa Tensão;

3. Seguir a recomendação do Inmetro sobre sempre utilizar extensão elétrica com o fio totalmente desenrolado.

Você pode também apelar para o sincretismo religioso e pedir uma forcinha para Santa Bárbara ou Iansã, Zeus, Thor etc, mas recomendamos que você mesmo assuma a bronca e deixe a casa em ordem, pelo menos no que diz respeito à segurança elétrica.

 

Lembre-se:  antes de alugar, avalie a quantidade de tomadas e solicite uma avaliação das condições gerais das instalaçãoes elétricas do imóvel.

Boa sorte, e desejamos que você fique conectado, mas são e salvo!

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Todos os comentários estão sujeitos a aprovação, para evitar que qualquer conteúdo impróprio, ilegal ou ofensivo seja publicado. O preenchimento do Nome e E-mail são obrigatórios.

Focinho de porco não é tomada! – Cuidados que devemos ter antes de alugar um imóvel | Site Midas

[…] Fonte: Blog Loucos por Imóveis […]

Responder