Mofo e infiltrações em casa: como se livrar do problema

Aprenda como detectar infiltrações para prevenir a tempo e manter o ambiente de sua casa saudável.

Por Vitório Real
26/08/2016 @ 9:57

Prédios novos e antigos, casas, estabelecimentos comerciais, todos estão sujeitos a enfrentarem infiltrações, uma vez que a água pode ter bastante força e a tendência contínua de ganhar os espaços.

Além da questão estética (paredes manchadas, tinta descascando, grandes áreas de bolor), as infiltrações podem prejudicar também a saúde de quem mora no imóvel, já que a umidade e o mofo são grandes responsáveis por causar alergias e problemas respiratórios.

Assim, é preciso prever isso no momento de se iniciar um empreendimento novo, para minimizar os riscos. Se você está lidando com uma infiltração na sua casa, provavelmente já sabe que tem que tomar uma atitude definitiva para resolver o problema e evitar que ele volte.

Preparamos um texto completo para te ajudar e eliminar de vez essa questão.

O que causa mofo e infiltrações?

As infiltrações e o mofo são decorrência da invasão da água em espaços que deveriam permanecer sem umidade, como parede, teto, e áreas em volta da piscina. Elas podem ocorrer por diversas razões e, para cada uma delas, é preciso adotar uma forma de prevenção e correção.

Vamos entender um pouco dos principais tipos e causas das infiltrações.

Água subindo pelas paredes

Esse é um dos tipos mais comuns de infiltração, quando as manchas e os descascados da tinta se acumulam perto do rodapé, por exemplo. Observar em que parte da parede estão as infiltrações é um ótimo meio de perceber a sua origem. É possível que a água seja proveniente do solo muito úmido — ela se acumula e passa a ser absorvida pelos alicerces da construção, ultrapassando as paredes.

Água descendo pelo teto e paredes

Esse é um problema sobretudo para quem vive em casa ou nos andares de cobertura de um prédio, logo abaixo de uma área aberta. Muitas vezes o sistema de vedação não é feito corretamente e a água da chuva se infiltra pelos espaços e por eventuais rachaduras.

Água que ultrapassa as junções

Muitas vezes, ao realizarmos uma reforma no nosso apartamento ou casa, lidamos com profissionais que não estão preparados para cuidar de todo o sistema de vedação, que é essencial em toda obra. Isso faz com que os pontos de junção entre materiais novos e antigos apresentem falhas, que são um convite para a água.

A característica mais importante desse tipo de infiltração é a sua localização: você vai reconhecer com facilidade que ela está acontecendo onde já houve uma obra. Isso é comum também perto da piscina. Ao trocar o revestimento, por exemplo, o empreiteiro pode deixar algumas falhas que vão fazer com que a água chegue até o deque ou a garagem, se ela estiver abaixo da área.

Chuva nas frestas

Depois de uma forte chuva, pode ser possível observar água entre as frestas da janela, o que vai fazer com que o local se torne extremamente úmido, estufando e até descascando a tinta.

Como prevenir?

A principal estratégia para evitar problemas com infiltrações e mofo é se assegurar de sempre realizar obras e intervenções assistidas e com pessoal qualificado. Muitas vezes, o que parecia uma economia na escolha de um profissional bem mais barato pode se transformar em uma grande dor de cabeça no futuro.

A água é, realmente, uma força muito considerável e não podemos subestimá-la. Portanto, qualquer estrutura que precise ser adaptada no seu apartamento ou casa deve ter o acompanhamento de alguém que entenda de vedação, impermeabilização e estruturação.

Outra dica importante, também, é estar atento a isso no momento de escolher um imóvel. Procure visitá-lo em períodos chuvosos antes de realizar a compra ou optar pelo aluguel, pois dessa maneira você vai poder observar o estado de conservação das paredes e do teto.

E, claro, sempre opte por construtoras consagradas e que prezam pela qualidade do seu empreendimento. Essas empresas já consolidaram os seus nomes no mercado por uma boa razão e costumam ter um maior cuidado com esse tipo de detalhe.

Como resolver?

Se você já está enfrentando uma infiltração na sua casa, não se desespere! É possível solucionar o problema e adotar algumas medidas para minimizar os danos. A primeira atitude, claro, é entender a origem do problema, de onde está vindo a água que está invadindo o seu apartamento.

As infiltrações decorrentes de entrada de água por frestas ou pela parte de cima (como no caso das coberturas) tendem a ter soluções mais simples. Em muitos casos, é possível fazer a vedação com silicone, em um processo muito fácil que pode ser realizado por você com asferramentas adequadas.

Você compra o material em lojas especializadas e utiliza o bico extremamente fino para cobrir todas as áreas que estão deixando a água passar. É importante respeitar o tempo de secagem do produto antes de manusear a janela, por exemplo.

Nos casos mais complexos, de umidade do solo ou de reformas anteriores, costuma ser necessária uma pequena obra para trocar os revestimentos e instalar mantas impermeabilizadoras nos locais mais problemáticos.

É importante lembrar que, se você está lidando com uma infiltração em sua casa, só pintar a parede não vai adiantar nada. Isso pode esconder o problema por algum tempo, mas assim que voltar o período de chuvas, tudo começa de novo. Por isso, nem pense em só “maquiar” a questão — é perda de tempo e de dinheiro. Converse com profissionais adequados e resolva tudo bem rápido.

Para ficar por dentro de novidades e dicas importantes para cuidar melhor da sua casa, assine a nossa newsletter e acompanhe!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Todos os comentários estão sujeitos a aprovação, para evitar que qualquer conteúdo impróprio, ilegal ou ofensivo seja publicado. O preenchimento do Nome e E-mail são obrigatórios.