A reforma não precisa ser um pesadelo

Por Erica Fonseca
16/10/2013 @ 16:58

Depois de comprar o seu imóvel é hora de deixá-lo com a sua cara. Uma boa reforma pode transformar a sua casa no espaço que sempre sonhou. Seja qual for seu estilo; clássico, despojado, vintage ou high tech, o importante é ser fiel a ele. Mas antes de pensar na decoração, é preciso se ater ao processo de reforma. Embora seja desgastante, essa etapa merece muita atenção e comprometimento. Para que o pó, a bagunça e a sujeira não tirem o brilho desta conquista, separamos algumas dicas sobre reforma para ajudá-lo nesta tarefa!

Planeje antes de começar

Antes de ligar as máquinas, o mais importante é ter claro o quê se deseja mudar na casa. Improviso pode ajudar em outras situações do dia a dia, mas durante uma reforma ele nunca é bem-vindo. Mudanças drásticas no projeto inicial significam o aumento das despesas. Por isso, quanto menos alterações de última hora acontecerem, maior será a economia. Outro fator importante é determinar o valor que será gasto. O orçamento deve ser real, pensando em possíveis imprevistos que causam prejuízos, como cerâmicas quebradas, cálculo errado de material, prolongamento do prazo da obra; por isso tenha uma reserva para que a questão financeira não seja mais uma preocupação.

Ainda em relação ao orçamento, pesquise bastante os valores de mão-de-obra e dos materiais de construção, que variam muito de acordo com o fornecedor. Se a reforma for complexa, é melhor contratar um arquiteto ou engenheiro para orientá-lo, e não se esqueça de verificar, no caso de apartamentos, quais são as regras do condomínio para a circulação da equipe, horários permitidos para as atividades e o procedimento adequado para transportar materiais e realizar descargas de entulhos. E fique atento se os funcionários contratados para realizar os reparos utilizam equipamentos de segurança.

Liguem as máquinas!

Um bom conselho é começar sua obra de cima para baixo. Então, veja o que pretende modificar no teto, por exemplo, aplicação de gesso, iluminação especial, entrada para ar condicionado ou até mesmo uma pintura nova. Independentemente da superfície, antes de receber a tinta, ela deve estar limpa e lixada. Assim, a pintura não irá descascar tão facilmente e terá maior durabilidade. Se o piso não for alterado, é importante protegê-lo contra possíveis danos, como riscos e manchas. Para isso, utilize jornais, painéis de E.V.A ou lâminas de MDF. Faça uma lista de todos os pontos de tomadas e tubulação para fiação de telefones, pontos de Internet, TV a cabo e demais eletrodomésticos. Só realize a última demão de tinta depois de instalar os móveis embutidos ou piso de madeira.

Divirta-se

Após a reforma, os cômodos já estão prontos para receber a decoração. Agora sim, você pode improvisar, use sua criatividade e desfrute deste momento único; transformar um belo espaço em seu lar. Lembre-se que cada detalhe deve imprimir sua personalidade e estilo. Afinal, ainda não inventaram nada mais aconchegante do que a nossa casa.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Todos os comentários estão sujeitos a aprovação, para evitar que qualquer conteúdo impróprio, ilegal ou ofensivo seja publicado. O preenchimento do Nome e E-mail são obrigatórios.