Gato ou cachorro para apartamento? Entenda as diferenças!

Se você pretende morar em apartamento e ama animais, mas tem dúvida se terá um gato ou cachorro, deve entender as diferenças entre eles. Confira!

Por Vitório Real
08/11/2016 @ 10:44

Para quem gosta de animais, mas mora em apartamento, ter um gato ou cachorro acaba virando um dilema. No entanto, antes de trazer o seu pet para dividir o apartamento com você, é preciso analisar alguns pontos.

Apesar das diferenças óbvias, viver em um apartamento com um gato ou cachorro possui rotinas totalmente diferentes.

Gatos

Os gatos são animais mais independentes e, por isso, se adaptam bem à vida em um apartamento. Além de serem animais naturalmente limpos e higiênicos, os gatos não costumam ocupar muito espaço: basta uma caixa de areia e um lugar em que possam comer e pronto.

Não se preocupe em arrumar um cantinho especial para o bichano, pois ele pode dormir em qualquer lugar: seja no sofá ou sobre uma cadeira, a natureza autônoma do gato faz com que ele mesmo eleja seu local preferido e faça dali o seu “quarto”. Mas, apesar disso, nada impede de você dispor uma caminha só para ele.

Outra vantagem de se ter um gato em apartamento é que, se você trabalha e passa boa parte do seu dia fora, encontrará tudo no lugar. Gatos ficam bem quando sozinhos, principalmente durante o dia, pois são animais de hábitos noturnos. Isso vale até para pequenas viagens em que não seja possível levar o bichano. Se ele tiver comida e água suficientes, ficará bem.

Na verdade, gatos que moram em apartamento são bastante territorialistas. Eles ficam estressados em sair de casa ou terem sua rotina totalmente alterada. Por isso, caso tenha que fazer viagens mais longas com certa frequência, o ideal é ter a ajuda de alguém que possa limpar a caixa de areia e reabastecê-lo com comida e água.

Diferentemente do que muita gente acredita, gatos gostam de carinho e se apegam aos donos. Sendo assim, leve em consideração que se você deseja um animal, seja gato ou cachorro, você deverá tratá-lo com carinho e fazer companhia a ele.

Cachorros

Cachorros têm o temperamento bem diferente dos gatos. Eles são bem mais dependentes de seus donos, pedem constantemente por companhia e atenção. Portanto, se passarem muito tempo sozinhos no apartamento, eles podem ficar estressados e começar a fazer barulhos, mastigar móveis ou objetos e até a chorar. Em contrapartida, se eles têm companhia durante o dia, são dóceis e grandes companheiros.

Se ensinados desde filhotes, os cachorros se adaptam muito bem às suas rotinas, principalmente no que diz respeito às suas necessidades, evitando que o apartamento fique sujo ou com cheiro desagradável. No entanto, cachorros precisam tomar banho pelo menos uma vez por semana.

Embora sejam tão brincalhões quanto os gatos, os cachorros são mais barulhentos: gostam de “conversar” com seus donos, atendem aos comandos com latidos e, em alguns casos, costumam latir quando ouvem algum barulho diferente no hall dos elevadores, por exemplo.

Ao contrário dos gatos, cachorros precisam se exercitar e gostam de caminhadas. Sendo assim, caso você não tenha disponibilidade de tempo para isso, o ideal seria contratar cuidadores que possam levar o cachorro para passear e brincar.

Existem raças de cachorro que se adaptam melhor à vida em um apartamento do que outros. Mas um cão sem raça definida (ou “vira-lata”) também pode ser uma excelente companhia!

Para gato ou cachorro

Ter um animal implica em gastos com veterinário, vacinas, ração, remédios, entre outros. Lembre-se de incluí-los em seu orçamento doméstico.

Outro ponto importante é que, principalmente no inverno e o verão, os animais costumam trocar os pelos e, para algumas pessoas, isso pode ser um inconveniente.

Por último, para garantir a segurança de qualquer espécie, é importante instalar redes nas sacadas e janelas.

Verifique as regras de seu condomínio

Verifique se o seu condomínio possui regras que determinam se é possível ter um animal. Alguns condomínios têm regras quanto ao tamanho do animal, eventuais barulhos que o animal possa fazer, uso de elevadores, etc.

Atentar-se às regras do condomínio é a melhor maneira de conviver em paz com seus vizinhos.

Ter um gato ou cachorro em apartamento é uma alegria. Muitas pessoas que sofrem de depressão são aconselhadas a terem um animal de estimação, pois se tornam uma companhia fiel aos seus donos.

Você já teve um animal de estimação? Qual espécie mais gosta e gostaria de ter em apartamento? Comente!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Todos os comentários estão sujeitos a aprovação, para evitar que qualquer conteúdo impróprio, ilegal ou ofensivo seja publicado. O preenchimento do Nome e E-mail são obrigatórios.