Onde procurar pessoas interessadas em dividir apartamento?

Saiba onde procurar pessoas interessadas em dividir apartamento e veja também como funciona o processo de divisão de despesas do imóvel!

Por Vitório Real
04/01/2017 @ 12:00

As despesas com moradia representam a maior parte dos gastos dos brasileiros. E não é à toa, já que são muitas questões relacionadas ao imóvel que precisam de atenção: aluguel, prestação do financiamento do imóvel, taxa de condomínio, IPTU, além dos valores de seguros-fiança para quem está sozinho e não tem um fiador, que podem custar até 3 meses de aluguel e devem ser pagos adiantadamente.

E não para por aí: ainda é preciso considerar os custos de energia, água, limpeza e manutenção do imóvel, por exemplo. Pensando em tudo isso, não fica difícil entender porque se torna inviável para muitas pessoas morarem sozinhas em grandes centros. Por isso, é cada vez mais comum a ideia de dividir as despesas com um “estranho”.

Se você já fez essa conta e está considerando partir para essa opção, saiba que existem vários sites e especializados e redes sociais para te ajudar a encontrar alguém com quem dividir apartamento. Continue lendo e confira nossas dicas para encontrar um bom colega de moradia!

Como funcionam os sites para dividir apartamento

O objetivo desses sites é promover o encontro de quem tem um quarto vago e quer preenchê-lo com quem procura um lugar para ficar. Na maioria dos sites, você preenche um cadastro com suas características, como se você estuda, trabalha, fuma, tem filhos ou animais de estimação, qual é o seu nível de organização e se você prefere sossego ou agito. Também é possível, na maioria dos casos, importar informações diretamente da sua conta do Facebook.

O perfil de quem busca pessoas para dividir despesas é diversificado — é possível encontrar desde estudantes que acabaram de entrar na faculdade e estão se mudando para fazer o curso até pessoas que mudaram de cidade a trabalho e ainda não se situaram no novo local ou jovens que estão saindo agora da casa dos pais.

Normalmente, os anúncios incluem fotos e especificações dos imóveis, como número de banheiros, e quartos, além de informarem sobre a presença ou ausência de facilidades como internet, TV a cabo e faxineira. Os gastos também costumam ser compartilhados entre os moradores e informados nos anúncios, o que torna ainda mais vantajoso dividir uma moradia.

Também é comum que colegas de apartamento com interesses parecidos e maior nível de afinidade dividam até mesmo gastos mais pessoais, como compras no mercado e até investimentos para o imóvel, dependendo do que for combinado.

Como dividir uma moradia com tranquilidade

1. Cadastre-se nos sites

Para começar a sua busca, procure sites que conectam pessoas interessadas em dividir um apartamento e veja com qual você se identifica mais, ou qual apresenta as opções que você prefere. Estes são alguns sites em que você pode começar sua busca:

Moovein.com.br

Você se cadastra no Moovein preenchendo um breve questionário sobre você e seus hábitos. Escolha se procura um lugar ou se está disponibilizando um local. Os anúncios têm descrição e fotos dos cômodos disponíveis. Há uma versão gratuita e uma versão paga, que habilita algumas funcionalidades a mais.

Easyquarto

No cadastro do Easyquarto há 2 opções: “Procuro quarto” ou “Tenho quarto”. Selecione a sua situação e continue preenchendo as perguntas do site. Há filtros para facilitar sua busca, como qual a idade do companheiro de “apê” que você procura, se busca homem ou mulher, estudante ou profissional. A maioria dos anúncios é para as chamadas repúblicas (moradias estudantis). Na versão gratuita, os usuários precisam esperar 7 dias para seu anúncio se tornar público.

Dada Room

Dada Room faz o “match” da seguinte maneira: por meio do cadastro no site e das características encontradas no Facebook, o site faz sugestões de possíveis pessoas interessadas em dividir apartamento baseado em estilos de vida parecidos, com base em informações como amigos em comum e likes em comum.

O site cobre cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Curitiba, Belo Horizonte e mais. O Dada também funciona em outros 5 países da américa latina e já contabiliza mais de 200 mil usuários.

Há também grupos abertos e fechados no Facebook. Alguns contam com mais de 10 mil membros e são atualizados diariamente, com novas ofertas e buscas por roomates. Como lá você usará seu próprio perfil do Facebook, só é necessário a aprovação da sua entrada no grupo, que você pode conseguir facilmente por meio de um convite de um amigo ou simplesmente solicitando ao moderador.

2. Defina seu orçamento

Apesar de baratear os custos, dividir um local para morar não fará milagres para seu orçamento. Tenha em mente que outras pessoas dependerão de você para pagar as contas. Por isso, evite se comprometer em locais que passam do seu limite financeiro.

Faça um cálculo de quanto você está disposto a gastar com moradia e não se esqueça de incluir as contas de água, luz e internet.

3. Proteja-se

Você vai estar lidando com pessoas desconhecidas, então todo cuidado é pouco: proteja-se fazendo contratos e pedindo garantias. Caso você esteja alugando o seu quarto, você pode pedir um aluguel de adiantamento, ou fazer algum contrato com cláusulas para prevenir sustos. Caso você esteja alugando de alguém, tente conversar com inquilinos anteriores e deixe sempre bem claro os termos de locação.

Além disso, avalie todos os aspectos do imóvel e faça um combinado que envolva tudo o que será rateado. Decida se vocês vão dividir as responsabilidades de manutenção de móveis e reparos do apartamento. Esclarecer essas questões evita desentendimentos futuros.

4. Atente-se a detalhes

Na hora de definir o seu local, verifique alguns detalhes. O imóvel tem garagem? É mobiliado? Caso não seja, veja se os móveis que você deseja colocar cabem ou conseguem passar pelas portas. Se tiver animais de estimação, atente-se para restrições também.

Essas são algumas dicas para dividir um apartamento e gastar menos com moradia. Seguindo esses passos, você já está preparado para encontrar roomates e dividir apartamento. E se você está pensando em alugar para dividir, confira também nosso post sobre as regras que envolvem o pagamento do IPTU, para evitar passar por dores de cabeça!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Todos os comentários estão sujeitos a aprovação, para evitar que qualquer conteúdo impróprio, ilegal ou ofensivo seja publicado. O preenchimento do Nome e E-mail são obrigatórios.