Primeiro imóvel: como escolher um local e não errar na compra?

Saiba como escolher um bom lugar para morar e veja 7 erros para não cometer na compra do primeiro imóvel

Por Dayane Burgos
21/03/2017 @ 15:36

Além de estar alinhado com as suas condições de pagamento e atender às suas necessidades e desejos de moradia, um imóvel só será perfeito se a localização dele estiver de acordo com o seu estilo de vida. Por isso, é preciso observar se, no bairro que você escolheu morar, existem aquelas comodidades essenciais à sua vida e se não existem inconvenientes para você.

Portanto, fique atento a todos os aspectos da região, procurando por referências que atendam às suas preferências e por outros fatores que possam significar algum problema para você. Por exemplo, há pessoas que gostam de movimento e que até preferem morar próximas a locais badalados, enquanto outras preferem a tranquilidade.

Contudo, independentemente de o bairro ser tranquilo ou movimentado, não se esqueça de que existem as necessidades cotidianas de compras e serviços que precisam ser atendidas, o que sempre torna oportuna a proximidade com algum centro comercial. Também preste atenção na disponibilidade de transporte público, que será necessário mesmo que você não o utilize. Não se esqueça de que empregados domésticos, prestadores de serviço e visitantes precisarão dele.

Ainda, observe a situação da segurança pública, tão necessária nos dias de hoje. Talvez valha mais comprar o primeiro imóvel um pouco inferior às suas expectativas e viver em segurança do que comprar o empreendimento dos seus sonhos, mas que está em um local onde você viverá sob risco e constantemente preocupado.

Depois que você descobriu o empreendimento que lhe atende, uma boa estratégia para conhecer um bairro é, em horários seguros, caminhar pelas ruas e conversar com a vizinhança, a fim de obter as impressões das pessoas sobre a região.

Também não deixe de visitar o lugar em dias e em horários variados, inclusive nos finais de semana, uma vez que as características do local podem se transformar ao longo da semana ou mesmo entre os períodos do dia.

Nessas ocasiões, aproveite para analisar as condições do trânsito e das vias, considerando as suas necessidades de deslocamento para as regiões que você acessa com mais frequência, como o trabalho, a escola ou a casa dos pais.

Às vezes a ansiedade ou mesmo a autoconfiança exagerada levam a pessoa a se esquecer de alguns cuidados ou a se tornar afoita para realizar um negócio. Na maioria das vezes, o resultado disso são decisões ruins. Por isso, vamos apontar aqui 7 erros que você deve evitar na compra do primeiro imóvel:

Abrir mão da pesquisa

Mesmo que você receba uma ótima indicação do seu melhor amigo, jamais deixe de pesquisar o mercado imobiliário. Afinal, é sempre oportuno comparar preços, condições de pagamento, acabamentos, entre outras vantagens e desvantagens que os imóveis apresentam.

“Bater perna”

Por maior que seja a sua disponibilidade de tempo e a sua disposição para percorrer as ruas procurando um imóvel, você com certeza não conseguirá explorar todas as possibilidades com a mínima parte da eficiência que terá pesquisando em um portal de imóveis.

Desconsiderar os custos totais

Como vimos, no seu orçamento você não pode se focar somente no preço do imóvel. Sempre é preciso considerar os custos adicionais da compra, como os cartoriais, taxas e seguros.

Ceder ao impulso

Os impulsos certamente não servem para orientar a compra do primeiro imóvel. Portanto, só feche negócio quando tiver todas as questões bem esclarecidas e a segurança de que você está fazendo o melhor.

Comprar “no escuro”

Mesmo que receba ótimas indicações da pessoa mais confiáveis, nunca deixe de conhecer o imóvel o máximo possível. É essencial visitá-lo quantas vezes quantas forem necessárias para ter segurança da decisão. Se possível, faça isso na companhia de pessoas mais experientes ou mesmo de profissionais idôneos, que possam validar sua escolha.  

Confiar demais no vendedor

Também não deixe de pesquisar sobre a idoneidade do vendedor. É importante você ter comprovações de que não está negociando com alguém que não pode vender um imóvel ou que está prometendo algo que normalmente não entrega.

Não verificar a documentação

Os documentos do imóvel darão a você a garantia de que ele pode ser vendido e que pertence a quem está vendendo. Não verificá-la cuidadosamente representa assumir um risco enorme que pode ser evitado.

Agora que você já conhece os passos necessários para comprar o seu primeiro imóvel com segurança, desejamos a você todo o sucesso nesta importante empreitada da sua vida. E para dar os primeiros passos com segurança, conheça o VivaReal, o maior portal de imóveis do Brasil.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Todos os comentários estão sujeitos a aprovação, para evitar que qualquer conteúdo impróprio, ilegal ou ofensivo seja publicado. O preenchimento do Nome e E-mail são obrigatórios.