Tire suas dúvidas sobre declaração de imóveis no IR

Por Erica Fonseca
07/03/2014 @ 15:34

Desde a manhã do último dia 26, o programa usado para a declaração do Imposto de Renda, referente ao ano de 2013 já pode ser baixado no Site da Receita Federal. Esse ano, por conta do Carnaval, o prazo para a entrega será um pouco menor, vai do dia 6 de março a 30 de abril.Para evitar dúvidas na hora da declaração, o Louco por Imóveis ouviu Renata Veronesi Boerger, diretora da VB Contabilidade. Afinal, comprar, reformar ou ganhar um imóvel é muito legal, mas é na hora de informar essas transações para a Receita, que as dúvidas surgem. Para evitar ser pego pela malha fina, preste atenção nas nossas dicas.

Como declarar um imóvel comprado através de vários recursos diferentes: financiamento, recursos próprios e FGTS?

Será necessário lançar na coluna de 31/12/2013, em Bens e Direitos, os valores pagos no imóvel em 2013, independente de qual recurso foi utilizado.

Neste caso, como não é necessário lançar o valor da dívida, pelo fato do imóvel ter sido dado em garantia, o único lançamento extra, que precisaríamos fazer aqui, é em Rendimentos Isentos e Não Tributáveis, citando o valor recebido a título de FGTS.

A comissão, paga ao corretor, pela venda de um imóvel pode ser deduzida na declaração?

Quando vendemos um imóvel, devemos preencher o programa GCAP (ganho de capital), onde iremos apurar se houve lucro na venda e, em caso positivo, se haverá a tributação do imposto de renda sobre esse lucro apurado.  A comissão do corretor, desde que tenha sido paga pelo vendedor, poderá ser deduzida do valor da venda deste imóvel.

Como declarar os gastos da construção de um imóvel em um terreno?

Deverão ser declarados todos os custos com a construção, pelo valor total. A sugestão é que sejam guardados todos os documentos, é bom tirar cópias já que alguns cupons fiscais se apagam com o tempo. Também é aconselhável manter uma planilha atualizada desses custos, ordenada por data, contendo os valores e os nomes dos estabelecimentos onde foram comprados materiais e dos profissionais que prestaram serviço.

Caso o contribuinte caia em malha fina e precise comprovar esses custos, não precisará se preocupar, pois a documentação estará pronta, à mão.

 

Como declarar financiamento de imóvel?

Tratando-se de aquisições de bens e direitos, em prestações ou financiados, nas quais o bem é dado como garantia do pagamento, tais como os sujeitos às regras do Sistema Financeiro de Habitação ou consórcio, o campo Situação em 31/12/2012 não deve ser preenchido. No campo Situação em 31/12/2013 informe o valor das parcelas pagas em 2013 (incluindo o valor dado como entrada, se for o caso).

9 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Todos os comentários estão sujeitos a aprovação, para evitar que qualquer conteúdo impróprio, ilegal ou ofensivo seja publicado. O preenchimento do Nome e E-mail são obrigatórios.

Tire suas dúvidas sobre declaração de imóveis no IR | PAULO CONSULTOR DE IMÓVEIS

[…] Tire suas dúvidas sobre declaração de imóveis no IR […]

Responder
José Luiz

Prezados,

Tenho uma dúvida e gostaria da sugestão de vcs!
Se vendo um imovel adquirido há 6 anos pelo mesmo preço que comprei, ou seja, não há ganho de capital (lucro) nesta transação, ainda sim seria obrigatório o preenchimento da GCAP?
Grato

Responder
Carlos Roberto Coelho

Sou casado com comunhão de bens, faço a declaração separada da minha esposa, temos bens imóveis que estão alugados cujo rendimento mensal gira em torno R$ 4,500,00 em media (com pagamento mensal do imposto de renda o carne leão) – este imposto e pago por mim – posso dividir os rendimentos e o imposto pago com minha esposa – como preencher esses dados na minha declaração e na da minha esposa , para que não tenha problemas com a Receita desde fico muito agradecido

Responder
Caroline Souza

Oi, Carlos! Sobre o seu questionamento nossos parceiros da VB Contabilidade respondem:
Para que você possa dividir esse rendimento e o imposto com a sua esposa, será necessário alterar junto à imobiliária, o contrato de locação de seus imóveis.
Essas informações são repassadas à Receita Federal, através de DIMOB, dessa forma, se você já fizesse essa alteração neste exercício, cairia em malha fina. porque as informações dos locatários não bateriam com os rendimentos informados por vocês.
Minha sugestão é que altere os contratos primeiro, ou pelo menos a informação junto à imobiliária.

Esperamos que tudo dê certo.
Um abraço 😉

Daniel Gomes Pancieri

Olá,
Em 2013 iniciei a construção em terreno próprio através de financiamento de construção pela Caixa, utilizando o FGTS e o próprio terreno como entrada. O terreno estava quitado e lançado na guia bens e direitos. A construção ainda será concluída este ano, 2014.
Como devo declarar esta construção e os valores recebidos e pagos do financiamento?
Devo alterar a descrição de Terreno para Construção, manter o valor já declarado de 31/12/2012 e em 31/12/2013 acrescentar tudo o que foi gasto de material e mão de obra até dezembro?

Grato pela ajuda!
Daniel

Responder
Caroline Souza

Oi, Daniel! Sobre seu questionamento nossos parceiros da VB Contabilidade respondem:

O item terreno pode ser trocado por construção. Em 31/12/2012 você mantém o valor do terreno como estava declarado. Em 31/12/2013 você somará os valores do terreno, o FGTS, os valores pagos a título de financiamento e outros valores investidos em material e mão de obra.
Você deve lançar no histórico: Construção localizada em ……, e respectivo terreno. Valores investidos em 2013: R$
Obs.: Não se esqueça de lançar o valor do FGTS como rendimentos isentos e não tributáveis.

Segue o site, caso tenha mas alguma dúvida http://www.vbcontabilidade.com.br/site/

Um abraço 😉