6 dicas importantes para negociar a venda do seu imóvel

Por Lucas Bizerra
15/03/2016 @ 23:49

Em muitos casos quando não somos especialistas em um assunto ficamos inseguros na hora de precisar tomar uma ação, não é mesmo? E vamos combinar que negociar um imóvel não é algo que se faz todos os dias.

É super importante que você, proprietário que precisar negociar imóvel a venda consiga ser eficiente nessa fase, mesmo com a ajuda de um corretor, por muitas vezes o comprador gosta de falar com o proprietário nessa hora para ter mais segurança na compra.

Aproveite essas dicas rápidas abaixo para preparar-se para a etapa da negociação do imóvel:

1 – Escolha o preço do seu imóvel de forma consciente e com dados precisos

O preço é um dos principais itens de decisão na hora negociar o imóvel, por isso é importante você ir além da decisão sentimental, mas pesquisar e envolver dados sobre outros imóveis similares e da redondeza para compor a decisão.

Verifique se o preço está de acordo com a região e características do imóvel

Verifique se o preço está de acordo com a região e características do imóvel

Esse passo a passo pode te ajudar a estruturar melhor o preço:

– Acesse o DMI – Relatório de Dados do Mercado imobiliário (Link), onde é possível consultar o preço médio do metro quadrado na região

– Faça busca por imóveis similares e veja os preços médios, lembre-se de buscar com as mesmas características: localização, metragem, número de dormitórios e características adicionais. (Colocar uma imagem de resultado de busca de um perfil)

– Considere o valor que precisa para comprar a próxima casa, caso essa seja a sua pretensão.

– Lembre-se de descontar do valor total a comissão do corretor (caso trabalhe com um) e o valor financiado

Para te ajudar ainda mais com na hora da negociar o seu imóvel, faça uma lista com as características do bairro e vantagens de morar no seu imóvel, assim fica mais fácil de defender o seu preço quando ele for questionado pelos seu clientes. Se quiser saber mais sobre precificação de imóvel, clique aqui.

2 – Certifique-se de ter toda documentação pronta

A documentação organizada é importante para dar segurança ao novo comprador, pois comprova a regularidade do imóvel pela parte do proprietário. Veja a lista a ser preparada:

Matricula do imóvel atualizada – O número de registro do imóvel no cartório competente. Esse documento contém informações básicas sobre o imóvel como localização, metragem, atualização da planta, ações jurídicas e outros históricos;

ITBI – Imposto sobre transição de bens é uma obrigação que deve ser feita pelo novo proprietário (comprador) para o Município situado o imóvel, o valor da taxa é de 2% e pode ser pago diretamente na prefeitura;

Certidões de situação fiscal – Documento comprava a existência se o imóvel tem alguma inadimplência referente a impostos;

Declaração de inexistência de débitos condominiais – Um documento que comprava se o imóvel possui algum débito com o condomínio (documentação necessária apenas imóveis em condomínio)

Documentos para transição de propriedade

Documentos para transição de propriedade

As duas últimas contas relativas ao consumo de água, energia elétrica e gás, caso houver.
Importante ressaltar que esses documentos são referentes apenas para o imóvel, sendo ainda necessário para o processo de compra e venda outros documentos da parte do proprietário e comprador.

3 – Utilize o atendimento como um diferencial para fechar o negócio

Imagina que você seja uma pessoa que busca imóveis pela internet e após um período de procura acredita que encontrou o imóvel do seu sonho. Então, você entra em contato com o responsável pelo anúncio para receber mais informações do imóvel e visitar o apartamento, mas a resposta demora mais de um dia.

Normalmente, uma pessoa que está buscando por imóvel gera uma média de 5 a 7 contatos, ou seja, ela também se interessou por outros imóveis que podem atender suas necessidades. E se o seu atendimento for ágil, aumenta ainda mais a possibilidade de negociações.

Atendimento

Atendimento rápido e cordial

Para que isso aconteça, faça o primeiro contato pelo mesmo veículo de comunicação utilizado pelo seu cliente, ou o que ele indicar como preferido (telefone, e-mail, whatsapp, entre outros).
Mantenha uma postura cordial, esclarecendo todas as dúvidas necessárias, contribuindo para que essa conversar seja uma de muitas e quem sabe a partir daí uma negociação aconteça.

4 – Faça da sua casa um ótimo lugar para se visitar

Deixe sua casa neutra e atraente para as visitas, assim você consegue se sentir mais seguro ao apresentar sua casa, deixando o cliente mais à vontade, fazendo que esse momento seja o mais agradável e esclarecedor possível.

Se o seu imóvel ainda estiver ocupado e você tem alguma visita agendada com o cliente, não se preocupe! Deixe tudo em seu lugar e mantenha os ambientes limpos. Essa regra também vale para imóveis desocupados, aliás, a visita é onde as pessoas tendem a se visualizar naquela casa ou apartamento.

5 – Analise todas as propostas

Os corretores que já possuem mais experiência no mercado, com certeza já se depararam com permutas, acordos, contrapropostas entre outras alternativas apresentadas pelos compradores, já que esse tipo de ofertas se tornaram comum nas transições imobiliárias sendo apresentadas como facilitadores na hora de negociar imóvel.

Analise todas as propostas

Analise todas as propostas

Uma dica importante: normalmente os interessados vão pedir 5% de desconto no valor total do imóvel e é importante você receber, analisar e conversar sobre todas as propostas apresentadas, assim, você passa mais confiança para os seus clientes e com certeza vão conseguir um acordo justo para todas as partes.

Agora, se você está dispostos a receber esse tipo de ofertas para a compra da sua casa, indicamos que você também deixe claro no seu anúncio que você aceita permutas ou outros bens como entrada. Assim, os contatos gerados vão entender se podem apresentar essas alternativas na hora de negociar o seu imóvel.

6 – Solicite ajuda de um profissional

Muitas vezes você, proprietário, será marinheiro de primeira viagem no processo de venda e precise de algum tipo de auxilio na hora de negociar o imóvel. E não existe nenhum problema com isso, lembra que estamos aqui para te ajudar?
Nós podemos ajudar você a escolher os melhores corretores e imobiliárias para te ajudar no processo de venda do seu imóvel, ou seja, corretores que foram bem avaliados pelo nosso portal.
A ideia dessa indicação é de te oferecer uma ajuda profissional te auxiliando a atender os contatos dos interessados em comprar o seu imóvel, acompanhando as visitas e tirando todas suas dúvidas sobre os processos envolvidos com a venda da sua propriedade.

Caso você se interesse pela ajuda de um profissional do ramo imobiliário para te auxiliar a negociar imóvel, ou até mesmo no momento da venda entre em contato com o VivaProprietário.
Após receber a indicação de um profissional, indicamos que seja acordado entre as duas partes as taxas de corretagens que serão praticadas. O VivaReal não se responsabiliza por esses encargos.

Profissional-do-ramo-imobiliário

Nossa última dica é de comportamento com o cliente. Independente se o seu perfil de negociação, seja formal ou informal, seja educado, honesto, prático e tente ajudar o máximo possível.

Faça perguntas sobre as dificuldades que eles encontraram com a busca de imóveis, sobre as suas expectativas com a mudança, entenda sua necessidade e como ela pode ser atendida. Cria uma lista de pontos positivos que podem ser usadas para enaltecer ainda mais o seu imóvel como, região, bairro, comércios e vias de acessos.

Esse momento é muito importante para o comprador e proprietário e todos desejam que processo seja o mais eficiente, amigável e justo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Todos os comentários estão sujeitos a aprovação, para evitar que qualquer conteúdo impróprio, ilegal ou ofensivo seja publicado. O preenchimento do Nome e E-mail são obrigatórios.