8

Imóveis Novos à venda em Santo André, Lançamentos e Prontos

Pesquisa atual

Construtoras apostam nos lançamentos de imóveis em Santo André

Parte da cidade é descendente de imigrantes italianos, espanhóis, portugueses, japoneses e alemães, mas também de baianos, mineiros e paranaenses. A migração na década de 1960 trouxe muita gente que desejava uma vaga de emprego no Polo Industrial de Santo André. O aumento populacional fez os lançamentos de imóveis em Santo André começarem a pipocar e não parar mais.

Essa vocação industrial e de prestação de serviço elevou o status de Santo André à sexta maior cidade do Estado de São Paulo, considerando o PIB (Produto Interno Bruto). Segundo o censo de 2010, a cidade conta com uma população de 673 914 habitantes. A 20 quilômetros da capital paulista, Santo André carrega modernidade e bom gosto entre as atrações que oferece à população. Expõe obras do paisagista Burle Max no Paço Municipal e abriga parte do Parque do Pedroso, 842 hectares numa área de preservação da Mata Atlântica.

Entre os mais recentes, o Parque Central dispõe para a população pista de caminhada, ciclovia, praças de convivência, playground, lago, palco em forma de concha, pista de automobilismo rádio-controlado, campo de futebol, quadras poliespostivas, praças com equipamentos de alongamento e ginástica, bicicletário e marquise de aproximadamente 300 metros quadrados. Áreas verdes novas tem despertado a construção civil, com lançamentos de imóveis de porte diverso.

O novo se integra ao antigo. No centro da cidade, construções históricas abrigam serviços culturais, como Casa da Palavra voltada para cursos e oficinas relacionados à palavra escrita. Já a Casa do Olhar Luiz Sacilotto, instalada numa construção da década de 1920, é destinada às artes plásticas, com exposições, palestras e cursos.

Num prédio assinado pelo arquiteto Paulo Mendes da Rocha funciona um pinguinário, aquário com arraias e tubarões, além réplica de dinossauros. Entre esses destaques, o comércio de rua como o de shopping center atendem muito bem a população local. Aliado a isso, transporte, escolas, faculdades - como a de Medicina - empolgam as construtoras a programarem cada vez mais lançamentos de imóveis por várias regiões da cidade.