Voltar para a lista de publicações

Receba as melhores dicas e novidades por e-mail

10 motivos para não ser um corretor de imóveis

Conheça 10 motivos que você não deve levar em consideração na hora de mudar de rumo e se tornar corretor de imóveis

  • Postado em 20 de julho de 2015
  • Mais ferramentas, Mais vendas, Melhor atendimento
  • As ilusões que levam alguém a se tornar um empreendedor também valem para mercado imobiliário, pois todo corretor de imóveis é um empreendedor de si mesmo, da sua equipe ou imobiliária. Por isto é importante conhecer todos os detalhes da profissão, sejam eles bons ou ruins.

    Os 10 motivos para não ser corretor de imóveis

    1. Detesto minha empresa

    Por si só, esta não é razão para se tornar um corretor de imóveis. Se você não está contente com sua atual condição, troque de empresa. Se você acha que vai encontrar no mercado imobiliário a solução para os seus problemas, pode estar muito enganado. Fatores como a falta de uma remuneração fixa e a concorrência nesse mercado devem ser levados em conta na sua decisão.

    2. Odeio meu chefe

    Assim como no caso da empresa, troque de chefe – ou de empresa. Se você acredita que se tornar chefe de si mesmo será mais fácil que gerenciar seu relacionamento com um superior, pode estar enganado. Até mesmo porque se você for trabalhar em uma imobiliária, também terá um chefe e a situação pode ser a mesma.

    3. Ter mais tempo livre

    Esse é um dos pontos mais delicados. Você estará sempre com seu celular no bolso, pronto para receber a ligação de um cliente ou do seu novo chefe. Além do mais, você muitas vezes terá de adequar o horário de uma visita ao tempo livre do seu cliente e isto pode ser no domingo ao meio-dia ou na segunda-feiras às 6h30.

    4. Ganhar mais dinheiro ou  ficar rico

    Comissões! Comissões! Até você entender a realidade do mercado que você vende um imóvel agora e outro daqui a três meses e  neste meio tempo vai ralar muito. E alguém falou em 6%? Na maioria das vezes não, exceto se você trabalhar sozinho, já que nestes 6% tem a parte do dono da imobiliária, do seu gestor e do captador. Outro ponto é que, até você pegar o “jeito” do mercado e a técnica de venda ideal, você terá que lidar com este vai e vem econômico e emocional.

    5. Ter horários flexíveis

    Assim como o tempo livre, você tem toda a flexibilidade. Até que o telefone toca. É como a vida de um médico que “trabalha pouco”, mas fica sempre pendurado. Combine esse fator com períodos de instabilidade econômica e verá que, às vezes, o domingo no parque vai ser substituído pelo domingo de plantão. Sem falar das reuniões para alinhar estratégias com a equipe e os quase obrigatórios coquetéis de lançamento de empreendimentos e treinamentos das incorporadoras sobre o produto deles.

    6. Querer provar algo

    Orgulho e vaidade não são um bom ponto de partida para a tomada de decisões. Se você quer “mudar de vida” para provar, para si ou qualquer outra pessoa, que tem tempo e dinheiro de sobra ou qualquer outro “motivo”, não vá para a corretagem, pois você pode não conseguir provar nada e se frustrar muito com isto.

    7. Estar desempregado

    Sem a devida força e alguma reserva, tornar-se corretor de imóveis somente por estar desempregado não será a melhor ideia. Nem sempre a venda sai de primeira (quase nunca) e você poderá passar algum tempo investindo tempo e dinheiro sem nenhum retorno.

    8. Fazer o que que gosta

    Esse é um  bom motivo, mas antes busque saber mais sobre a rotina, as dificuldades e os benefícios de ser um corretor de imóveis. Vá até uma imobiliária e converse com um. Assim você sera capaz de ponderar se o “que eu gosto” é capaz de me dar prazer e retorno quando isto vira rotina.

    9. Só pensar em estratégia

    Cansado de seguir ordens e quer definir seus próprios objetivos e rumos? Ótimo! Tem pique para coordenar toda a sua rotina de atendimentos e decidir qual o cliente vale mais a pena e correr atrás de um atendimento diferenciado para ele? Não basta pensar só na estratégia, é preciso estar preparado para executá-la.

    10. Seguir a moda

    Virar seu próprio “patrão” está na moda. Empreender está na moda. Assim como ser corretor de imóveis, autônomo ou não, e ter horários flexíveis e comissões fartas. Tudo fica mais bonito quando descobre que seu amigo faturou 15 mil reais numa venda. Mas não se baseie somente em casos de sucesso, busque entender a realidade e as dificuldades do mercado e de seus profissionais.

    A grande mensagem que queremos deixar para você é que antes de optar pela profissão de corretor de imóveis você precisa analisar os prós e os contras desta carreira.

     

    Você já é corretor de imóveis? Tem alguma dica para os interessados na profissão?

    Comentários

    comentários


    Receba as melhores dicas e novidades por e-mail

    • Teresinha Goes

      Guilherme , jura que vc achou perda de tempo?Estou iniciando e sempre me perguntando : Será que vai ser bom?

    • Guilherme Borges Cunha

      Foi uma bela duma bosta. Perda de tempo.

    • Júnior Eudes

      Oi cara, estou aqui, dois anos depois pra saber se realmente deu certo contigo esse ramo. Eu to pra entrar, mas tenho meus receios. E ai, foi bom pra vc?

    • Danilo Souza

      Olá Wilkson. Tudo bom?

      Para se tornar um corretor você precisa fazer o TTI ou um tecnólogo em Gestão Imobiliária, são as únicas formações que o Creci aceita. Recomendamos que pesquise na Secretaria de Educação do seu estado quais os cursos que estão registrados.

      Boa sorte e abraço 🙂

    • Wilkson Douglas

      Estou interessado em ser um corretor, gostaria de saber se tem cursos ou faculdades q possa me ajudar a me tornar um.

    • LUCINEIDE MELLO

      Fui corretora de Imoveis e me apaixonei pela profissão, não é nada fácil é uma vida de muito trabalho e luta mas bem gratificante.Desisti pois sou mãe, funcionaria publica federal e eu tinha um sócio que trabalhávamos juntos.Ate que ele desistiu da profissão e eu acabei desistindo também.Mas pra quem tem pico e determinação vale a pena continuar na profissão.Eu não indico trabalhar para outros mas para você mesmo vale a pena.

    • Danilo Souza

      Olá Ana. Tudo bom?

      Que ótimo que nosso conteúdo tenha agradado, se quiser mais matérias assim sempre a sua disposição, se inscreva na nossa Newslatter e confira mais no nosso blog.

      Abraços 🙂

    • Muito bom! Adorei o Texto!

      Bjs

      Ana Dias Lopes

    • Esta Publicação me meu mais vontade ainda de continuar na profissão.

    • Obrigado, o texto foi muito bem feito porem me deu mais vontade ainda de continuar na profissão.

    • Andre

      Qual dica de estudo ou pesquisa para quem quer ingressar nesse mundo?

    • Fabio Bernardi

      Sou Corretor de Imóveis e amo o que faço. Não caí nesse mundo por uma aventura….foi estudado…planejado…e descobri na corretagem algo mágico que me fez dar mais valor à minha VOCAÇÃO de vendedor. Infelizmente esse ramo “aqui no Brasil” foi deteriorado por pessoas que se aproveitaram da “facilidade” de se obter uma credencial de agente imobiliário e prostituíram nossa classe rifando de todas as formas um trabalho digno que realiza sonhos e muda a vida de muitas pessoas trazendo alegria e felicidade. Tenho vergonha dessa educação maligna que assola a sociedade brasileira e sinto muito ter que conviver no dia a dia como caça e caçador cercado por leis frágeis e uma impunidade que desmotiva e desvaloriza cada vez mais, para mim, o maravilhoso mundo imobiliário. A única coisa que me faz acreditar no que eu faço só tem um nome….DEUS….o qual me capacita e me faz enxergar que somente homens não perecerão nesta digna profissão.

    • R. Caldeira

      Ao ler este artigo “Os 10 motivos para não ser corretor de imóveis“, quase desmotivei. Mas pegando o gancho do comentário de Nelson Reis Ribeiro, vou estudar mais um pouco desprezando tudo o que li sobre os “10 motivos”, e retomar o projeto aposentadoria de criar o escritório imobiliário. Procurar um consultor capacitado e mãos as obras.
      Abraços aos comentaristas

    • VivaCorretor

      É isso mesmo, Gustavo!
      Não é uma profissão fácil, mas com dedicação e muito estudo a gente chega lá!

    • Gustavo

      Uma profissão incrível, e ao mesmo tempo muito desafiadora..entrei neste ramo por acaso,e digo que no inicio não foi facil.. o excesso de expectativas e planos que criamos com base no valor das comissões..e vemos que a realidade não é bem assim…acaba se frustando , fica desmotivado.. por parecer que uma venda nunca vai sair,mas tem que acreditar,buscar qualificação profissional.. que a vendas começam acontecer.

    • Eu, acho que nesse ramo você tem que ser um belo de um mentiroso, para enganar o pobre alimentar o sonhos, fazer eles acreditarem, mas, quando chegar na hora da verdade, é outra, nua e crua, a parcela que era 300 vira 800, e fora a taxa de obra que so falamos quando ele esta na mesa e ele vai embora, essa pica não e mais minha e bola para frente, próximo cliente
      Conclusão:
      Ou você e um Grandíssimo FDP para vender e ganhar muito dinheiro.
      Ou você e fala toda a verdade do empreendimento e o cliente não fecha, mas, fecha com outro filhada puta que faz tudo isso que eu relacionei do inicio do meu comentário!

      Desabafo de um corretor em atividade

    • WANDERSON

      BOA NOITE ! MEU NOME E WANDERSON . LI TODOS O COMENTÁRIOS E GOSTEI MUITO PORQUE ,SÃO COMENTÁRIOS BONS E RUINS, SIM COM ESSES EU ANIMEI MAIS E APRENDI .
      TIREI DA FORÇA E DA FRAQUEZA E SABEDORIA DE CADA UM OBG SEREI UM CORRETOR DO SUCESSO EM NOME DE JESUS.

    • Alex

      Boa noite!! A repeito da publicação, realmente é muito difícil ser um corretor de imóveis, fui corretor por (estagiário) por uma grande imobiliária em São Paulo, muito trabalho e muitas dificuldades, me afastei por não conseguir meu creci definitivo, mas mesmo com todas essas dificuldades, a primeira oportunidade que tiver, volto para a profissão, pois eu vi uma grande oportunidade para conseguir crescer profissionalmente. É difícil ? é..mas, é muito gratificante, e o que é fácil nesta vida?

    • Alexandre De Souza

      Faltou 1- não esqueça que por muitas vezes você vai mostrar o imóvel para o cliente, cumpriu categoricamente todas etapas que um vendedor, ou que um corretor, ou ainda um consultor imobiliário habilidoso faria, porém não lembrou do que muitas vezes acontece: seu cliente contata o proprietário do imóvel e compra direto com ele. Hehehe É meu caro. Bem vindo ao mundo! Infelizmente acontece e muito! Mas não fico me lamentando! Faz parte! Ainda acredito que a maioria das pessoas são de boa índole e caráter. Só é preciso se acostumar com isso. Ah, é mais uma dica, se resolver processar todos clientes que fizerem isso, posso lhes dizer que arranjaras inimizade com muita gente hehe. Grande abraço a todos!

    • VivaCorretor

      Obrigada por compartilhar a sua opinião Wenio!

      Abraços!

    • Wênio Cavalcanti

      Se você leu isto é ficou com medo de entrar na profissão nem entre! Porém se consegue enxergar o sucesso em suas mãos seja bem vindo a essa profissão maravilhosa. Eu amo ser corretor!

    • Katia Ribeiro dos Santos

      Não se deve levar em consideração o que os corretores dizem de sua profissão mas o que os clientes dizem deles e normalmente não é nada de bom…

    • Abraao Sousa Silva reis

      irei trabalha de corretor!! estou muito ansioso para vende e espero que eu venda muitos imoveis e todos os clientis estejao satisfeitos com meu trabalho com serteza. mais sei que nao vai ser facil mais vou com tudo pra da o melhor de mim pos quero ser o melhor na aria da corretagen. claro que ser vcs tiverei alguns coselhos de como vende um imovel em menos de um mes mim falem pfv kkkkkk

    • VivaCorretor

      Nelson, o objetivo deste post não é desmotivar ninguém, mas acabar com algumas ilusões que se tem sobre a carreira de corretor.

      Continue acompanhando o VivaCorretor.
      Abraços!

    • nelson reis ribeiro

      SE O CARA QUE ESCREVEU ESSES 10 PONTOS NEGATIVOS SOBRE A IMPORTANTE PROFISSAO CONSULTOR/CORRETOR DE IMOVEIS LESSE ‘ COMO FAZER AMIGOS E INFLUENCIAR PESSOAS’ DALE CARNEGIE, ELE CERTAMENTE MUDARÁ SEUS CONCEITOS, CORRIGIRÁ ESSAS IDEIAS ERRADAS, E COM CERTEZA SE TORNARA
      UM GRANDE PROFISSIONAL, QUE AO INVES DE ESTAR DESMOTIVANDO PESSOAS, ESTARÁ CONTRIBUINDO PARA O SUCESSO DELAS E DO IMPORTANTE RAMO DO IMOVEL. NOTA: eu era um simples vendedor de biscoitos ailiran-nestle- fui contratado pela antiga trese imobiliaria em cuiabá-mt anos 90, nunca tinha entrado num apartamento 2 ou 1 por andar, e liderei o meu primeiro trimestre como consultar de imoveis entre 33 corretores experientes com CRECI eu nunca tive creci, vendi 78 apartamentos e imoveis de terceiros em 90 dias.
      como isso foi possivel- humildade, dedicaçao, trabalhjo arduo e busca de conhecimentos na area.
      grato

    • VivaCorretor

      Oi Daniel, tudo bom?
      Depende sempre do tipo de imóvel negociado e da imobiliária para a qual o corretor trabalha, isso se ele não trabalhar sozinho. Vale a pena dar uma olhadinha neste post do VivaCorretor: http://vivacorretor.wpengine.com/salario-afinal-quanto-ganha-um-corretor-de-imoveis/

      Abraços!

    • Daniel

      Quato % o corretor de imóveis ganha numa venda

    • Alex Brito

      Estamos falando das VANTAGENS DE SER CORRETOR DE IMÓVEIS, mas o mercado precisa de profissionais de VERDADE.
      Isso deprecia o mercado, a má qualidade da formação do profissional pode resultar em GRANDES PREJUÍZOS AOS CLIENTES, dificultando negociações futuras.

      Hoje existem na minha opinião 2 tipos de profissionais:

      *** PROFISSIONAIS QUE VENDEM POR VENDER – NA SUA MAIORIA NÃO TEM CRECI E FILIADOS A GRANDES EMPRESAS

      *** CONSULTORES, POSSUEM CRECI, CONQUISTAM A FIDELIDADE DE SEUS CLIENTES ATRAVÉS DE UM EXCELENTE TRABALHO DE CONSULTORIA.

    • Marco Accioly Dias

      Um corretor bem tem sucedido vende, apenas vende, depois compra e depois vende, é a experiência do dia dia que leva ao sucesso, enfrentado pedra e barrancos que não e fácil! Porque ele ama a profissão, o corretor de imóveis é o maior polinizador de mercado que existe!

    • O corretor tem que saber profundamente de tudo o que necessitar para fazer a venda. Logo, para cada venda, talvez seja necessário uma pesquisa, um estudo… e utilizar o conhecimento com sabedoria. Assuntos gerais, finanças pessoais, investimentos, economia, matemática financeira, arquitetura, enfim, tem que saber sobre todos os assuntos o suficiente para atender e orientar corretamente seus clientes das duas pontas, compradores e vendedores. Repassar e esclarecer todas as informações que possam comprometer os compromissos assumidos pelas partes, e ainda, se expressar de acordo com o nível e necessidade dos clientes. Ser corretor é uma profissão seríssima que envolve decisões que podem comprometer uma vida inteira. Quem deseja entrar na profissão, converse bastante com outros corretores, principalmente se o foco for lançamento. Procure apenas estar junto de profissionais alguns dias em plantões de vendas, para amadurecer a decisão antes de investir nos cursos para o Creci.

    • welder binho

      Ja trabalhei em diversos ramos de vendas e no momento atuo com cosmeticos. Mas estou interessado em ser corretor, porem estou sem condicoes para os cursos. Existe gratuito? Peco ajuda.

    • Samara batista Valério Alves

      Boa tarde gostaria de saber qual o melhor lugar para fazer o curso ?faculdade ou um curso técnico ?

    • VivaCorretor

      Com certeza, José.
      Nunca é tarde para ser corretor de imóveis.

    • José

      Eu me revejo completamente em alguns dos pontos. Quem sabe se não devo me tornar um corretor de imóveis. Com 40 anos ainda vou a tempo, né?

    • Carlton Hartwell

      Fantastic blog that you have here! Thanks and keep writing.

    • VivaCorretor

      Oi Rosimeire! Nunca é tarde para se tornar corretora de imóveis! O mercado busca corretores de todas as idades para atender todos os seus públicos. Para mais informações sobre o curso de formação, o ideal é que você consulte o Creci da sua região. Dá só uma olhada neste link: http://www.crecisp.gov.br/passos.asp.
      Abraços e sucesso!

    • Rosimeire castelo Branco

      Estou c 41 anos ,e só agora terminei o ensino médio, p n ter tido oportunidade qd era mais jovem,sempre trabalhei c vendas e sempre quis ser corretora ,más vi q tem q ter muitos investimentos p ter o CRECI e no momento estou s grana vc se tem como fazer esses curso gratuito ??

    • Diego Konvict

      o cara so colocou os 10motivos de nao ser corretor kkkkk porque nao colocou as 10 coisas boas. porque tudo nessa vida e feita de dificuldade meu amigo nao tem trabalho leve facil e nem mordomia bem vindo ao mundo cara se vc achar isso entao pensa emum dj que se diverte ao mesmo tempo trabalha as veses nao consegue fica com a namorada porque se tiver muito sucesso e agenda cheia na certa entao? se for olha pra esse lado dj tbm nao e boaescolha acho que nessa vida tudo de lado bom e lado ruim e voce quer pegar um peixei bem grande tem que mergulhar com a cara e a coragem mesmo nao dando certo se voce nao tentar quem vai tentar pra vc? e tentando que chega la meu caro nem essas 10 dicas nao vao deixa alguem de ser o que é porque dificuldade profissionalismo todo mundo tem se nao tentar aonde vc vai chegar? em lugar nenhum entao vlw

    • Ellen

      João muito válida suas colocações, show mesmo. Onde você reside?

    • parental security

      Desde 2012, o número de corretores cresceu demais e quem não vende, desanima e deixa a profissão. Não é fácil essa vida de corretor.Plantões em fins de semana, feriados…

    • Indira Martins

      Bom Dia,

      Gostaria de deixar meu contato, para caso necessite solicitar alguma certidão do Estado da Bahia ou outros Estados, ofereço-lhe meu serviço, sendo meu contato indira-martins@hotmail.com ou 71-88895301 (esse número também é watsapp), esse é meu site: http://indiramartins.wix.com/servcartorio24?fb_ref=Default

      Link no mercado livre – pagamento até 12x sem juros: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-716420300-despachante-de-documentos-cartorarios-_JM

      Att. Indira Martins

    • andreia luz

      O sucesso depende de nós mesmos. Sempre é bom ler sobre o assunto e aprender coisas novas.

    • JOSÉ PEREIRA NETO

      SER UM BOM CORRETOR NÃO É TER NÍVEL SUPERIOR O SABER VENDER ALGO, NÃO TEM NADA A VER UMA COISA COM A OUTRA,UM CORRETOR TEM QUE SABER REPRESENTAR BEM UM CLIENTE SABER A METRAGEM DO IMÓVEL.CONHECER BEM MEDIDAS,ENTENDER DE CONSTRUÇÃO CIVIL,ENTENDER E CONHECER O ISO 9001 O 5 S.SABER O BÁSICO DE COMO SE CONSTRUIR UM IMÓVEL,TER NOÇÃO DE OPÇÕES PARA REPASSAR PARA O CLIENTE,LEIGO.NOÇÕES DE REFORMAS .CONHECER NOMES E MARCAS DE VÁRIOS PRODUTOS DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO,QUE EXISTEM NO MERCADO. E NÃO SER UMA ESTÁTUA QUE TEM MUITOS POR AÍ QUE SE DIS SER CORRETOR DE IMÓVEL. E NÃO SABEM NEM EXPLICAR A METRAGEM DO IMÓVEL QUE ESTÁ VENDENDO, ISSO É UMA OBRIGAÇÃO DO CORRETOR ELE TEM QUE TER ESSAS MINIMAS QUALIDADES SE NÃO TIVER ESSA QUALIDADES NÃO SÃO CORRETORES DE IMÓVEIS SÃO APENAS UM CAPTADOR DE ALGUNS IMÓVEIS, TRABALHO NA ÁREA DA CONSTRUÇÃO CIVIL, A 25 ANOS, FICO INDIGNADO . INDIGNADO COM MUITOS CORRETORES . E ALGUNS VENDEDORES DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO DE LOJAS FAMOSAS OS CARAS NÃO CONHECEM NADA DE PRÁTICA DE REFORMA E CONSTRUÇÃO. NÃO SABEM O QUE É UMA POLEGADO .NÃO SABEM O QUE É UM MILIMETRO. NÃO DECORAM PREÇOS DE NADA,DESAFIO ESSES DOIS PROFISSIONAIS PARA DEBATER ESSES CONCEITOS, ESTOU PROCURANDO EMPREGO NESTA ÁREA, E OS PATRÕES FALAM ,VC TEM EXPERIENCIA COMO CORRETOR DE IMÓVEL, EU FICO PENSANDO EU TENHO O PRIVILEGIO DE SABER CONSTRUIR UMA CASA DO ALICERCE AO TELHADO, COM TODA INFRA INSTRUTURA ,ELÉTRICA E HIDRÁULICA .IMAGINE VENDER ESTE IMÓVEL, QUE PARA MIM É APARTE MAIS FÁCIL, E GARANTO QUE DEMONSTRO PASSO A PASSO METRO A METRO .VALORES E QUALIDADES DE QUALQUER IMÓVEL, SE ME DEREM UMA OPORTUNIDADE DE EMPREGO HORAREI MEU EMPREGO TENHO CARRO PRÓPRIO, E MUITA DISPOSIÇÃO DE TRABALHO..

    • Cleuzaas

      Papo-furado. Conversa fiada.

    • Cleuzaas

      Meras dicas melodramáticas sem causa e efeito. O foco deve estar restrito aos resultados efetivos. Se o cara vende, o resto que foda-se. De nada adianta um cara que se encaixe nestas dez dicas, e venda nada !!!

    • Cleuzaas

      Os itens 1, 2, 3 e 5 são genéricos de prática comum e secular. Não são uma exclusividade da profissão.

    • Cleuzaas

      O cabeçalho “Querer provar algo” do item 6, é uma ambiguidade capciosa. Todo profissional deve ser isento de vaidades, preferências e aversões pessoais, concordo. Mas, o fator tempo e poder econômico, é discriminatório do personalíssimo. “Querer provar” algo positivo, é inerente e necessário a todo e qualquer profissional, é a própria motivação na busca de resultados.

    • Levino Brandão

      Arrepender-se ou não vai depender de você mesmo. Se você for apto na atividade de vendas, ou seja, já trabalhou vendendo algum produto e/ou serviços, certamente vai se adaptar melhor à atividade de corretagem. Sempre é bom saber que o rendimento não costuma ser uniforme, pois é mais ou menos como moeda, uma vale por muitas como muitas não valem por uma. Você poderá passar algum tempo “em branco”, sem vendas, todavia poderá ter um mês que valerá por um trimestre ou semestre. Hoje o mercado não está dos melhores, mas sempre muda e as crises passam. Já cheguei a ficar seis meses sem vender, mas já tive período de comprar para mim uma casa de 270 m² num terreno de 420 m² com o resultado de quatro meses de trabalho! Eu gosto muuuuuuiiito de ser corretor de imóveis.

    • Guilherme Borges Cunha

      Estou para entrar no mercado. Espero não me arrepender.

    Veja também no VivaCorretor

    • Social
    VivaReal

    O VivaCorretor é uma iniciativa do Portal Imobiliário VivaReal