Voltar para a lista de publicações

Receba as melhores dicas e novidades por e-mail

Conheça 6 dicas de como escrever e-mail de negociação de imóveis

Conheça um passo a passo para desenvolver um e-mail de negociação de imóveis

  • Postado em 7 de junho de 2017
  • Destaque, Geral
  • Escrever um e-mail de negociação de imóveis parece simples, mas envolve cuidados que podem passar despercebidas no dia a dia. Por isso, o VivaReal separou 6 dicas para corretores de imóveis que desejam melhorar os e-mails enviados aos potenciais clientes.

    1 – Assunto do email de negociação

    Como corretor de imóveis é preciso fazer com que os clientes sintam interesse ao receber um email. Por isso, informe no campo de ASSUNTO a ideia central do seu contato, de forma que gere curiosidade no destinatário.

    Insira o assunto do email

    Usar algumas palavras no início do assunto podem fazer com que o potencial cliente abra o e-mail de negociação:

    • Você sabia;
    • Não perca tempo;
    • Conheça;
    • Você não pode perder esta oportunidade;
    • Veja agora;
    • Conforme conversamos;
    • Veja esta incrível proposta.

    2 – Saudação ao cliente interessado na negociação do imóvel

     

    • Chame-o pelo nome: O atendimento deve transmitir o sentimento de exclusividade ao potencial cliente. Por isso, principalmente por e-mail, a melhor forma de demonstrar a individualidade do mesmo é chamando-o pelo nome.
    • Cumprimente-o: O cumprimento também é essencial. Que seja um simples “bom dia” (isso faz toda diferença!). Esta ação cumpre duas funções:

     

    • Tornar a mensagem pessoal, ou seja, não está sendo escrita por um robô;
    • Situar o tempo em que escreveu o e-mail.

    Dica bônus: usar o termo “MUITO” (muito bom dia, por exemplo) pode demonstrar energia para quem está lendo o e-mail. Teste! 🙂

    saudação ao cliente no e-mail

    3 – Pense no conteúdo do seu e-mail

    Tente escrever sempre com clareza e objetividade, mas não passe uma impressão de que escreveu o e-mail com pressa. A introdução é peça chave para definir se o potencial cliente vai continuar ou não lendo o e-mail.

    Dicas bônus:

    • Se já tiver falado com o cliente por telefone, não esqueça de ressaltar isso por e-mail;
    • Não escreva o conteúdo todo em letra maiúscula (Caps Lock), isso passa uma certa agressividade para o leitor, visto que, formalmente, escrever dessa forma quer dizer estar “gritando” com o remetente.

    * Vale ressaltar que não existe problema em colocar até duas palavras em maiúsculo, isso pode se tornar até uma ÓTIMA MANEIRA de chamar atenção do leitor para pontos de interesse.

    exemplo de e-mail certo e errado

    4 – Use tópicos para organizar o corpo do texto

    Para não deixar as informações misturadas ou criar longos parágrafos, insira tópicos (conhecidos como bullets). Com isso, é possível transmitir um conteúdo denso, mas de forma resumida. Por exemplo:

    bullet points no email

    5 – Finalize o conteúdo do e-mail

    É preciso demonstrar confiança e amizade para o potencial cliente. Assim, ele vai se sentir convidado a negociar com você e se sentir à vontade para sanar todas as dúvidas que tiver.

    finalização de email

    6 – Assinatura de e-mail

    Uma assinatura de e-mail eficaz é como um cartão virtual para que o cliente tenha seus contatos e consiga negociar com você. Fora isso, ela diz muito sobre o profissional que somos. Ao assinar um e-mail,  existem itens essenciais como:

    • Nome;
    • Número do CREC (ou registro como avaliador)
    • Cargo (ou função);
    • Número do celular;
    • Número do telefone da Imobiliária ou escritório;
    • Endereço de e-mail;
    • Link para o site.

    assinatura do e-mail

    Dica bônus:

    • É preciso evitar (não usar!) frases de efeito ou de caráter religioso, para não correr o risco de causar antipatia no destinatário. Foque sempre no profissionalismo.
    • Isso vale também para fontes muito chamativas e símbolos de time de futebol, por exemplo. Nada que demonstre gostos e características pessoais deve ser exposto na assinatura de e-mail.

    Se ligue!

    Apesar de parecer absurdo, o preconceito é algo que ainda acontece em nosso mercado. Por isso, nunca julgue qualquer cliente pela maneira de responder um e-mail nem pelo imóvel que ele solicitar.

    O e-mail é uma das ferramentas que pode nos ajudar nas negociações. Por isso, é importante seguir as dicas e atingir o objetivo da comunicação eficaz com o potencial cliente. Bons negócios 🙂

    Comentários

    comentários


    Receba as melhores dicas e novidades por e-mail

    Veja também no VivaCorretor

    • Social
    VivaReal

    O VivaCorretor é uma iniciativa do Portal Imobiliário VivaReal