Voltar para a lista de publicações

Receba as melhores dicas e novidades por e-mail

As principais diferenças entre os tipos de apartamentos

Existem hoje no mercado variados tipos de apartamentos e um corretor de imóveis atualizado precisa entender a diferença entre eles.

  • Postado em 26 de maio de 2014
  • Curiosidades, Geral
  • Vender apartamentos na planta é hoje uma das principais atividades do corretor de imóveis. O processo de verticalização das cidades proporciona uma grande quantidade de ofertas e o corretor deve estar atento às várias tipologias que existem para atender seu cliente, sem se perder naquilo que está oferecendo. Por isto separamos aqui os principais tipos e as principais características dos imóveis residenciais.

    Conheça aqui quais são:

    Apartamento padrão (ou tipo)

    É o mais habitual e mais encontrado no mercado imobiliário brasileiro. Sua planta possui divisões internas bem definidas: salas, cozinha, dormitórios, suítes, banheiros. É geralmente classificado pelo número de dormitórios e suítes e usualmente pelo número de vagas que possui.

    Cobertura

    Como o próprio nome sugere, fica no topo, no último andar da construção, muitas vezes dispõe de piscina e churrasqueira e sua metragem é normalmente o dobro da metragem padrão. Coberturas  podem ser divididas em:

    • Cobertura Duplex: Quando ocupa dois andares para formar a unidade. Sua divisão é feita por escada ou elevador privativo.
    • Penthouse: A penthouse é uma cobertura sem divisão de andares. Sua área útil geralmente ocupa toda uma prumada do edifício.
    penthouse

    Exemplo de Penthouse

    Duplex

    O duplex não precisa necessariamente estar na cobertura, basta que o imóvel seja composto por dois andares. Geralmente são imóveis amplos, com pé-direito duplo. Quanto possuem três andares, são chamados de ‘triplex’.

    Loft

    O termo surgiu para classificar imóveis comerciais modificados para fins residenciais. No mercado de lançamentos, loft designa apartamentos amplos, com pé-direito duplo e cuja divisão de cômodos inexiste, sendo vista divisões apenas nos banheiros.

    Perspectiva de um Loft decorado

    Perspectiva de um Loft decorado

    Studio

    Termo comumente confundido com loft, pois são de fato muito parecidos. Mas a diferença entre os dois tipos é que no Studio surgem algumas divisões internas, delimitando, por exemplo, um dormitório privativo.

    Kitnet

    Assim como nos Lofts e Studios, a Kitnet é geralmente um apartamento pequeno, com dimensões de 25 a 35m², composto por um dormitório e banheiro, onde se acomoda toda a área útil. É um termo em desuso, que remonta a uma época onde os empreendimentos não possuíam áreas de lazer comum.

    Giardino ou Garden

    Muito procurados por quem está migrando de uma casa para um apartamento, estes tipos ficam no térreo do prédio e por isso podem possuir quintal ou jardim. Em alguns casos podem possuir churrasqueira, forno de pizza e até piscina.

    Exemplo de apartamento Giardino

    Exemplo de apartamento Giardino

    Townhouse

    Este tipo de apartamento ainda é pouco difundido no Brasil, mas a exemplo do anterior vem sendo bem aceito por quem está comprando seu primeiro apartamento. Assemelha-se muito a um sobrado com 3 ou 4 andares, mas com apartamentos individuais em cada um deles.

    townhouse

    Apartamentos no estilo Townhouse

     

    Comentários

    comentários


    Receba as melhores dicas e novidades por e-mail

    • Danilo Souza

      Olá Freire. Tudo bem?

      Que bom que gostou, ficamos muito felizes que a matéria tenha agradado!

      Abraço 🙂

    • Excelente artigo, parabéns!!!

    • Rosangela Maria Miranda

      Olá tudo bem, sou estudante de Gestão Imobiliária UFPR, litoral e estou pesquisando algumas publicaçóes para poder, me aprimorar meus estudos e estou gostando muito de tudo que estou vendo,pois o mercado imobiliário tem muito a oferecer e sei que estou no caminho certo parta o meu futuro de corretora imobiliária.

    • Rosangela Maria Miranda

      Olá tudo bem, sou estudante de Gestão Imobiliária e estou pesquisando algumas publicaçóes para poder, me aprimorar meus estudos e estou gostando muito de tudo que estou vendo,pois o mercado imobiliário tem muito a oferecer e sei que estou no caminho certo parta o meu futuro de corretora imobiliária.

    • VivaCorretor

      Olá Lia. É preciso analisar seu contrato com a imobiliária, depende do que foi acordado. Abraços!

    • Lia

      trabalhei como corretora por quase um ano na area,
      devido a dificuldade na época, acabei saindo, porém assim que me desliguei da empresa , minhas captações foram vendidas como um passe de mágica, e não recebi nada pelas suas vendas.
      isso é certo??
      caso não ..oque devo fazer mediante a esta situação??

      obrigada.

    • Nilza Aparecida Candido Tabata

      É lícito em um condomínio a construção de apartamentos que do meu ponte de vista exista uma certa discriminação, ou seja, utilização privilegiada pelos apartamentos com metragem superior o qual são favorecidos com elevadores que se diz sociais e contemplados com elevadores que de acordo com as normas da construtora se trata de elevadores de serviço, sendo esses elevadores pertencentes aos apartamentos menores sem acesso aos ditos como sendo privativos?

    Veja também no VivaCorretor

    • Social
    VivaReal

    O VivaCorretor é uma iniciativa do Portal Imobiliário VivaReal