Voltar para a lista de publicações

Receba as melhores dicas e novidades por e-mail

Financiamento imobiliário é o destaque no Resumo de Notícias

Além do financiamento imobiliário, o primeiro Resumo de 2018 traz novidades sobre distratos e índices que afetam preços dos imóveis. Assista!

  • Postado em 23 de Janeiro de 2018
  • Destaque, Publicações
  • O primeiro Resumo de Notícias do ano mostra as novidades sobre financiamento imobiliário, distratos de imóveis e os números dos índices que afetam os preços do mercado imobiliário. Confira!

    Financiamento imobiliário

    A linha pró-cotista voltou. A Caixa Econômica retomou esta modalidade de financiamento no começo desse ano. O banco ainda elevou o limite do valor a ser financiado de 50% para 70% para os imóveis usados. Os imóveis novos continuam com o teto de 80% do valor que pode ser financiado.

    A pró-cotista é a modalidade que cobra menos juros para quem não se enquadra no perfil do programa Minha Casa Minha Vida. Os clientes que desejam financiar imóveis usando essa linha precisam se enquadrar nos critérios estabelecidos pelo Conselho Curador do FGTS. O valor disponibilizado esse ano para a pró-cotista é de 4 bilhões de reais.

    Distratos dos contratos de compra de imóveis

    No ano passado falamos muito sobre os distratos dos contratos de compra de imóveis. O tema foi bastante debatido entre incorporadoras e representantes dos consumidores. 2018 começa sem regras definidas relacionadas à regulamentação dos distratos.

    Apesar das divergências entre incorporadoras e órgãos de defesa do consumidor, 2017 teve menos distratos que 2016. Quando comparado o período de janeiro a setembro, o ano passado obteve 28% menos desistência de compra do que 2016. Os números foram divulgados pelo jornal Valor Econômico.

    Índices de preços

    O IPCA, índice geralmente utilizado para ajustar os valores de vendas dos imóveis, fechou 2017 em 2,95%. O número foi divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), responsável pelo cálculo do indicador. Já o IGP-M, usado para os reajustes da maioria dos contratos de aluguel, encerrou o ano passado em -0,52%. O índice é divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

    Não deixe de acompanhar nosso Resumo de Notícias com as notícias mais importantes do mercado imobiliário!

    Comentários

    comentários


    Receba as melhores dicas e novidades por e-mail

    Veja também no VivaCorretor

    • Social
    VivaReal

    O VivaCorretor é uma iniciativa do Portal Imobiliário VivaReal