Voltar para a lista de publicações

Receba as melhores dicas e novidades por e-mail

Podcast: como usar a mídia no mercado de imóveis

Você sabe o que é podcast? Saiba como aproveitar a ferramenta para complementar o seu conteúdo imobiliário!

  • Postado em 27 de março de 2018
  • Destaque, Publicações
  • O potencial do marketing de conteúdo para engajar e se relacionar com os clientes já foi provado diversas vezes. No mercado imobiliário, além de escrever textos e gravar vídeos para auxiliar quem está comprando, alugando ou investindo em uma propriedade, é possível utilizar os podcasts como ferramenta para complementar os materiais que já oferecemos de suporte em nosso dia a dia.

     

    Mas, antes disso, vamos entender o conceito:

     

    O que são os podcasts?

     

    Os podcasts surgiram da junção de duas palavras iPod (aparelho da empresa Apple) e broadcast, que em inglês significa transmissão. Podemos entender este tipo de arquivo como uma maneira de disponibilizar listas e seleções de músicas ou áudios sobre diversos assuntos. Sendo assim, é entendível que os profissionais imobiliários (ou qualquer pessoa) pode criar e publicar um podcast na web sem custos exorbitantes.

     

    Para isso, é preciso portar uma estrutura mínima para uma gravação de qualidade e editar o arquivo com a maior qualidade possível. Depois disso, utilizando uma plataforma como o SoundCloud, por exemplo, é possível divulgá-lo em nosso site, blog e até redes sociais.

     

    O que eu ganho utilizando podcast?

     

    A grande “vantagem” do podcast sobre as outras mídias é que este tipo de arquivo pode ser ouvido de qualquer lugar: em casa, durante uma caminhada, no trânsito, dentro do ônibus ou em qualquer outro lugar viável. A mobilidade faz com que este tipo estratégia tenha grande potencial para alcançar uma grande quantidade de pessoas que não teriam tempo suficiente para acessar o blog ou assistir um vídeo, por exemplo.

     

    No mercado imobiliário, podemos usar o podcast para informar e entreter os nossos clientes, criando assim uma relação de confiança e intimidade com cada um. Por ter uma rotina agitada, é possível unir duas atividades e ainda sair criando conteúdo por aí.

     

    Que tal um programa sobre os bairros em que os imóveis da carteira estão localizados? Assim, além de conhecermos melhor a nossa região de atuação, ainda é possível mostrar para quem está buscando uma nova propriedade as características daquele local para que ele entenda se realmente faz sentido se mudar para lá, seja a trabalho ou motivos pessoais.

     

    Vantagens do podcast em formato de dados

     

    Uma pesquisa realizada pela Nielsen, empresa que oferece informações em pesquisas de mercado com metodologias próprias, as pessoas que consomem este tipo de conteúdo valorizam fatores como autenticidade e naturalidade. Além disso:

     

    • 83% dos consumidores acreditam que o comunicador é autêntico e natural na entrega dos anúncios;

     

    • 62% das pessoas que ouvem podcast se lembram da marca anunciada no podcast (no caso da imobiliária);

     

    • 62% das pessoas concordam que o anúncio em podcast fez com que considerassem novos produtos e serviços (no caso outro bairro para viver/trabalhar);

     

    • Entre outros.

     

    Como produzir um podcast?

     

    Chegou a hora de colocar a mão na massa! Vamos entender alguns passos para produzir um podcast para conteúdo imobiliário?

     

    01 – Organize os temas e conteúdos

     

    O primeiro passo é definir um tema para o podcast. Com isso, é possível desmembrar diversos assuntos que serão abordados em diferentes arquivos. Depois disso, é preciso partir para a organização: um calendário editorial para organizar a criação e publicação dos áudios. A periodicidade é uma das características de quem gosta de acompanhar um podcast.

     

    02 – Os programas devem ter formato definido

     

    Dentro dos programas que desejamos planejar, devemos zelar pela organização. Por isso, criar um padrão com introdução, desenvolvimento e conclusão pode ser essencial para que a mídia seja funcional para o negócio. Além disso, é possível criar uma identidade com o público que queremos atingir.

     

    03 – Aprofunde os assuntos 

    Convidar especialistas sobre determinados assuntos pode ser um ponto positivo para os programas de podcast. Por áudio, é natural que as pessoas consigam absorver melhor os conteúdos do que em texto, por exemplo. Com isso, podemos contribuir para o conhecimento do nosso público sobre diversos assuntos e construir nossa autoridade por ter uma rede de contatos com profissionais renomados.

     

    04 – Não seja egocêntrico 

     

    A propaganda a todo momento não é o ponto forte do podcast. Por isso, precisamos oferecer, de fato, conteúdos que sejam úteis para os clientes e os ajude em seu dia a dia ou durante a jornada de compra de um imóvel. Podemos oferecer, por exemplo, dicas para comprar uma casa ou apartamento, mostrar como direcionar a escolha do imóvel ideal, entre outros temas.

     

    Viu como o podcast pode entrar facilmente nas estratégias de marketing de conteúdo? E você,  já fez podcast para os seus clientes? Como foi a experiência e o retorno? Conte para nós nos comentários.

    Comentários

    comentários


    Receba as melhores dicas e novidades por e-mail

    • Marcos R. Schmidt

      Legal o conceito. Uma sugestão: que tal um post sobre COMO montar um podcast da forma mais econômica possível. Que ferramentas utilizar, onde hospedar, etc? Para mim seria bastante útil.

    Veja também no VivaCorretor

    • Social
    VivaReal

    O VivaCorretor é uma iniciativa do Portal Imobiliário VivaReal