Você está vendo esta página porque o imóvel que buscava foi alugado ou está indisponível.

Galpão/Depósito/Armazém à Venda, 1194 m² por R$ 1.250.000 Ribeirão, Amparo - SP

  • 1194 (R$ 1.046/m²)
  • 2 banheiros
  • 2 vagas

BARRACAO COMERCIAL em AMPARO - SP, RIBEIRÃO

LEILÃO JUDICIAL DO TRT15 DE AMPARO-SP - PARCERIA WWW.CENTRALJUDICIAL.COM.BR

Imóvel objeto da matrícula 19756 do Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de Amparo.
Descrição: Imóvel situado na Avenida Fioravante Gerbi, 654, na cidade de Amparo/SP, sendo um galpão de grande porte em alvenaria com salas de escritórios e cômodos de armazenagem, com área construída de 702,50 mts2, e seu respectivo terreno, encerrando uma área total de 1.194,80 metros quadrados.
Cadastro na Prefeitura de Amparo: 0164 1037. OBSERVAÇÃO: FORMAS DE PAGAMENTO: À VISTA, no prazo máximo e improrrogável de 5 (cinco) dias a contar da intimação da homologação da proposta vencedora. A PRAZO, com 30% (trinta por cento) de entrada, no prazo de 5 (cinco) dias contados da intimação da homologação da proposta vencedora, e o restante em até 6 (seis) parcelas mensais e consecutivas, atualizadas monetariamente pelo IPCA-E na data do efetivo pagamento, sempre por meio de depósito judicial.

ÔNUS: Aos interessados em arrematar bens imóveis, fica esclarecido que os créditos relativos a impostos cujo fato gerador seja a propriedade, o domínio útil ou a posse, e bem assim, os relativos a taxas pela prestação de serviços de tais bens, ou a contribuição de melhoria e multas, sub-rogam-se sobre o respectivo preço, por eles não respondendo o adquirente, já que a arrematação de bem através de alienação judicial, é considerada como aquisição originária, inexistindo relação jurídica entre o arrematante e o anterior proprietário do bem (aplicação do artigo 130, parágrafo único, do CTN).

Dados do processo
Processo: 001.
Exequente: ALINE APARECIDA COLTRE E OUTROS
Executado: MALHARIA NAME PALMA LTDA - EPP
Observações
ÔNUS: Aos interessados em arrematar bens imóveis, fica esclarecido que os créditos relativos a impostos cujo fato gerador seja a propriedade, o domínio útil ou a posse, e bem assim, os relativos a taxas pela prestação de serviços de tais bens, ou a contribuição de melhoria e multas, sub-rogam-se sobre o respectivo preço, por eles não respondendo o adquirente, já que a arrematação de bem através de alienação judicial, é considerada como aquisição originária, inexistindo relação jurídica entre o arrematante e o anterior proprietário do bem (aplicação do artigo 130, parágrafo único, do CTN).

Fale conosco: -