Você está vendo esta página porque o imóvel que buscava foi alugado ou está indisponível.

Sala Comercial para Alugar, 400 m² por R$ 14.000/Mês Rua Paulo Kawassaki, 611 - Dom Bosco, Londrina - PR

  • 400
  • 0 quartos
  • 6 banheiros
  • 10 vagas

Características

  • Escritório
  • Sistema de alarme

SALA COMERCIAL PARA LOCAÇÃO - PROX. IATE CLUBE DE LONDRINA , IPANEMA,CAMINHO PARA GLEBA PALHANO, SH

Estacionamento terceirizado anexo ao imóvel. Rua de alto fluxo, caminho para a Gleba Palhano. Acabamento de alto padrão Piso em porcelanato Janelas em Blindex Salas com cortinas modernas Imóveis com infra p/ ar condicionado Luminárias de alta qualidade (ISENTO condomínio). LONDRINA (PRONÚNCIA NO IPA: É UM MUNICÍPIO BRASILEIRO LOCALIZADO NO ESTADO DO PARANÁ, NA REGIÃO SUL DO BRASIL, DISTANDO 381 KM DA CAPITAL PARANAENSE, CURITIBA. SUA POPULAÇÃO, CONFORME ESTIMATIVAS DO IBGE DE 2020, ERA DE 575 377[4] HABITANTES, SENDO A SEGUNDA CIDADE MAIS POPULOSA DO ESTADO E A QUARTA DA REGIÃO SUL, DEPOIS DA CAPITAL ESTADUAL, CURITIBA, DE PORTO ALEGRE E JOINVILLE. IMPORTANTE POLO DE DESENVOLVIMENTO ESTADUAL E REGIONAL, LONDRINA É UM IMPORTANTE EIXO QUE LIGA O SUL AO SUDESTE DO PAÍS, SENDO UM IMPORTANTE CENTRO URBANO, ECONÔMICO, INDUSTRIAL, FINANCEIRO, ADMINISTRATIVO E CULTURAL DO NORTE DO PARANÁ. FUNDADA EM 10 DE DEZEMBRO DE 1934 ATRAVÉS DO DECRETO ESTADUAL Nº 2519[7] COM TRAÇADO URBANÍSTICO PLANEJADO PELO URBANISTA JORGE MACEDO VIEIRA, SEGUINDO O PRINCÍPIO DE EBENEZER HOWARD DE CIDADE-JARDIM.[8] A CIDADE FLORESCEU E EXPERIMENTOU UM ALTO ÍNDICE DE CRESCIMENTO POPULACIONAL E ECONÔMICO DURANTE TODO O SÉCULO XX, AMPARADO INICIALMENTE PELO PLANTIO E COMERCIALIZAÇÃO DO CAFÉ, TENDO LONDRINA GANHADO A ALCUNHA DE "CAPITAL DO CAFÉ" NAQUELE PERÍODO. A PARTIR DOS ANOS 1970, O PERFIL ECONÔMICO LONDRINENSE FOI SE ALTERANDO PROGRESSIVAMENTE, TENDO EVOLUÍDO PARA UM IMPORTANTE E DIVERSIFICADO CENTRO INDUSTRIAL E ECONÔMICO REGIONAL, ATÉ SE TORNAR UMA DAS PRINCIPAIS CIDADES DO INTERIOR DO BRASIL. SEDE DA REGIÃO METROPOLITANA DE LONDRINA (RML), O SEGUNDO MAIOR AGLOMERADO URBANO DO ESTADO, DA QUAL É SEDE, QUE CONTAVA COM UMA POPULAÇÃO ESTIMADA EM 1 057 660 HABITANTES EM 2013. A DÉCADA DE 80 FOI MARCADA PELA FASE DE AÇÃO ADMINISTRATIVA, QUANDO O PODER PÚBLICO DEMONSTROU UMA PREOCUPAÇÃO COM O CAPITAL COMERCIAL E DESENVOLVEU AÇÕES QUE INCENTIVARAM O PLANEJAMENTO URBANO, TAIS COMO A RETIRADA DA FERROVIA DO CENTRO, A CRIAÇÃO DAS VIAS EXPRESSA NORTE - SUL E DA AVENIDA LESTE-OESTE, BEM COMO A INSTALAÇÃO DO TERMINAL URBANO DE TRANSPORTE COLETIVO. LONDRINA SE CONSOLIDOU COMO PÓLO REGIONAL DE BENS E SERVIÇOS E SE TORNOU, DEFINITIVAMENTE, A TERCEIRA MAIS IMPORTANTE CIDADE DO SUL DO BRASIL NA DÉCADA DE 90, QUANDO FOI DESENVOLVIDO O PRIMEIRO PLANO DIRETOR. NESTE PERÍODO A CIDADE APRESENTAVA UMA ESTRUTURA VOLTADA PARA ÁREAS RESIDENCIAIS EM PRATICAMENTE TODO SEU TERRITÓRIO, DESTACANDO A REGIÃO CENTRAL EM RAZÃO DO DESENVOLVIMENTO DA CONSTRUÇÃO CIVIL, REFLETIDA EM INÚMEROS EDIFÍCIOS DE PADRÃO MÉDIO E ALTO. A REGIÃO NORTE DA CIDADE, QUE NAS DÉCADAS ANTERIORES SE ENQUADRAVA COMO REGIÃO RURAL, REVELOU-SE COMO MAIOR ÁREA RESIDENCIAL DA CIDADE, APRESENTANDO UMA CONCENTRAÇÃO DE CONJUNTOS HABITACIONAIS FINANCIADOS PELO BNH. DÉCADA A DÉCADA, VERIFICA-SE QUE LONDRINA TEVE UM CRESCIMENTO CONSTANTE, CONSOLIDANDO-SE COMO PRINCIPAL PONTO ...