1. VivaReal
  2. Tipos de Imóveis
  3. Imóvel

Imóvel

Tudo sobre imóvel

A compra ou aluguel de imóvel é uma decisão muito importante na vida de qualquer pessoa, especialmente se for pela primeira vez. É um momento prazeroso e que deve ser aproveitado, pois é um grande passo e envolve muitas outras escolhas: cidade ou bairro a morar, qual tipo de imóvel, quais e quantos cômodos são necessários, decidir entre comprar ou alugar, etc.

Embora as opções sejam muitas, não se desespere! Nesta página mostramos como você pode começar a sua jornada pela busca do imóvel ideal.

Significado de imóvel

Quando se fala em imóvel, é algo muito amplo, pois engloba qualquer edificação, seja para moradia ou para fins comerciais. Ou seja, tudo o que se conhece nessas categorias pode ser considerado um imóvel: casa, apartamento, chácara, etc. Em Direito, o termo serve para denominar um bem que não se pode transportar – por isso o nome.

Agora, para quem procura um novo lar, um imóvel significa o sonho de toda uma vida!

Por isso, deve-se ter uma atenção especial para acertar em cheio na escolha.

Tipos de imóveis

Casa

Pode ser construída em bairros ou em condomínios fechados, sendo ou não um sobrado (com mais de um pavimento). É um dos tipos mais comuns de residência, mas também pode ser usada como estabelecimento comercial.

Apartamento

É um domicílio dentro de um edifício e existem diversos tipos que se diferenciam pelo estilo e tamanho. São eles:

  • Padrão: tem metragem geralmente acima dos 35m², sendo dividido por diferentes cômodos como sala de estar, de jantar, cozinha, lavanderia, quartos e banheiros;
  • Kitnet: sua área útil se resume a um ambiente aberto com pia e um banheiro como o 2º cômodo. Pode ter de 25 a 35m²;
  • Flat: parece com um apartamento comum, mas é administrado por serviços hoteleiros, sendo disponibilizadas facilidades como lavanderia, camareira, restaurante e outros;
  • Loft: tem origem dos antigos armazéns e galpões e tem o conceito de integrar ambientes por meio de um espaço aberto e com pé direito (altura entre piso e teto) alto;
  • Studio: segue a mesma ideia do loft, mas é menor, tendo uma metragem que varia entre 25m² e 50m²;
  • Duplex: quando ocupa dois andares para formar a unidade. Sua divisão é feita por escada ou elevador privativo;
  • Triplex: quando há três andares em uma só unidade;
  • Cobertura: fica no alto do prédio, daí o nome. Pode ser um apartamento padrão, ter piscina e churrasqueira exclusivas, ou ser duplex e ainda, triplex;
  • Garden: fica no térreo e tem jardim ou quintal privativo. Em alguns casos, inclui churrasqueira e piscina;
  • Penthouse: é uma cobertura luxuosa que se diferencia do prédio, podendo ter mais de um andar, piscina e áreas externas privativas;

Chácara

É uma propriedade rural menor que um sítio ou uma fazenda, que sempre contém natureza ao redor e ao menos uma casa. Nela, pode-se cultivar plantas e cuidar de animais ou ter áreas de lazer como quadras, churrasqueira e piscina. A casa pode servir de moradia, como um cantinho para descanso, ou como local de festas para locação.

Terreno

Não é exatamente um imóvel como estamos falando até aqui, mas se enquadra como um “bem imóvel” legalmente. Até por isso, deve ser declarado no Imposto de Renda. Um terreno é uma área adquirida onde pode ser construída uma casa, uma chácara, um galpão ou qualquer outro tipo de prédio residencial ou comercial.

Imóvel comercial x residencial

Uma propriedade residencial é feita para se morar, podendo ser qualquer um dos tipos de imóveis mencionados acima. Já o comercial, serve para o que o próprio nome diz: comércio, tanto de produtos quanto de serviços. Então, lojas, escritórios e consultórios podem ser alocados nesse tipo de espaço.

Compra ou aluguel de imóvel

Em ambos os casos, a palavra que rege é planejamento! Principalmente ao comprar uma propriedade, já que se trata de um alto investimento. Este inclui tanto o valor dela, quanto os possíveis impostos e taxas durante a documentação: Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), Escritura Pública e o Registro do Imóvel.

Depois, vêm os itens básicos que se deve ter para viver ou trabalhar no local: condomínio (se houver), água, energia, gás, etc. Esses mesmos fatores devem ser considerados antes da locação da moradia ou estabelecimento comercial, pois serão gastos fixos mensais e é importante que sejam inseridos no planejamento financeiro, para não aparecerem surpresas.

Passo a passo para alugar

Se está se preparando para a sua primeira experiência de aluguel, atente-se em cada passo para conseguir fazer uma ótima escolha e um bom negócio. Para ajudá-lo, indicamos quais são os cuidados que você deve ter ao passar por esse processo.

  1. Analise as opções de imóveis na região que deseja
    Para facilitar essa seleção, liste todas as características que a residência ou estabelecimento precisam ter. Isso inclui preferências ao redor do local: restaurantes, farmácias, mercado, etc.
  2. Escreva em algum local quais são os pré-selecionados
    Nessa lista de favoritos, não se esqueça de mencionar o local exato, as características, o valor
  3. Contate os corretores dos locais escolhidos
    Entre em contato com os profissionais via e-mail ou telefone e marque as visitas nos imóveis que deseja conhecer pessoalmente. Só assim conseguirá ter certeza sobre quais deles seguirão em sua lista de favoritos.
  4. Eleja um deles e aceite a proposta (ou faça uma contraproposta)
    Após optar por aquele que atende a todos os seus requisitos e preferências, contate o corretor para aceitar a proposta ou faça uma contraproposta, caso queira abaixar o valor do aluguel. Lembrando que o condomínio, se for o caso, não pode ser negociado. Já o IPTU, pode ser pago tanto pelo proprietário quanto pelo inquilino, então deve constar quem arcará com o valor no contrato.
  5. Atente-se ao contrato e não deixe nada fora dele
    Tudo o que for combinado, tenha certeza de que estará no contrato. Os demais itens podem ser lidos atentamente por você ou mesmo por um advogado de sua confiança, para certificar-se de que tudo está às claras.
  6. Preste atenção à vistoria
    Tudo o que estiver danificado ou faltando antes de você se mudar deve constar na vistoria anexada ao contrato. Verifique todos os pontos pessoalmente no imóvel. Isso porque, ao sair do imóvel, deverá deixá-lo como está na vistoria inicial.

Como usar o FGTS para compra de imóvel

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é depositado mensalmente pelo empregador quando o funcionário é contratado com carteira assinada. Esse valor é equivalente a 8% do salário.

Quando o tempo de trabalho com o regime do FGTS totaliza 3 anos, mesmo que exista intervalos entre os períodos trabalhados, esse benefício pode ser usado para a aquisição de uma propriedade.

O fundo pode ser usado para abater o valor do imóvel ou pagá-lo totalmente. No financiamento, é possível usar o FGTS para abater ou zerar a entrada, além de diminuir em até 80% o valor das parcelas. Ou seja, se a pessoa tem uma parcela de R$ 2 mil, pode abater R$ 1,6 mil,  pagando apenas R$ 400 por mês. Mas é claro que depende de cada caso.

Verifique no site da Caixa Econômica Federal o status do seu benefício, se ele pode ser usado, e aproveite para fazer uma simulação de financiamento incluindo a informação do FGTS, pois isso pode alterar o subsídio.

Imóvel decorado

Comprar ou alugar um domicílio ou um local para seus negócios é o momento mais prazeroso do processo. Mas decorar os ambientes e ver o resultado é outro período em que você pode aproveitar bastante! Há muitas opções de decoração, conforme seu gosto e estilo.

Selecionamos as ideias mais usadas no mundo da decoração para imóveis. Inspire-se!

Cimento queimado

O cimento queimado pode ser aplicado em pisos, paredes, tetos e em bancadas. O visual fica igual ao do cimento, mas o que difere é a textura, que é bem lisa e brilhante. Além de ser bonito e moderno, é uma alternativa mais barata que muitos pisos e azulejos.

Lustres e pendentes

Os lustres e os pendentes podem deixar os ambientes com um toque moderno o requintado, dependendo do estilo que escolher. Os lustres de cristais são clássicos e deixam a sala, sala de jantar ou quarto mais românticos. Já os pendentes, têm diversos estilos, como os modernos formatos arredondados, de metal ou colorido. Eles são ótimos para decorar a cozinha ou a sala de jantar, deixando-os acima da mesa.

Tijolos à vista

Os tijolos na decoração são usados há muito tempo e não saem de moda. Eles podem ficar à vista tanto nas áreas externas, como na área da churrasqueira ou jardim, quanto nas internas, como na sala de estar. O estilo depende dos móveis e itens decorativos que usar, podendo resultar em um visual rústico ou moderno.

Cores escuras nas paredes

O preto e o cinza são cores normalmente usadas quando a intenção é deixar os ambientes mais modernos e contemporâneos. Eles podem ser compostos com móveis e objetos coloridos para complementar o conceito.

Com todas essas dicas, você pode pesquisar os imóveis disponíveis na região em que gostaria de morar. Confira no portal do VivaReal!

O que as pessoas buscam sobre imóvel

O que as pessoas querem sobre Imóvel